Portugal
Finalizado
2 - 1
Chéquia

«Ronaldo? Quando tens um super jogador não o ensinas a bater um livre»

22 mai, 15:36
Cristiano Ronaldo e José Mourinho (AP Photo/Andres Kudacki)

Presente numa conferência na Arábia Saudita, José Mourinho falou sobre o passado e surpreendeu quando questionado sobre o feito mais difícil da carreira

Presente na Digital Wellbeing Summit, na Arábia Saudita, José Mourinho foi convidado a abordar vários temas do passado da sua carreira, na qual cruzou caminho com vários jogadores de alto nível.

Um deles foi Cristiano Ronaldo, quando os dois trabalharam juntos durante três anos no Real Madrid. Ora, Mourinho defendeu que quando se treina jogadores de uma qualidade incontestável, o trabalho é menos técnico.

«Costumo dizer que não treino jogadores, treino equipas. Também digo que não treino jogadores, treino jovens que jogam futebol. Quando se fala de um super jogador, não podes ensinar esse jogador a bater um livre. Treinei equipas que tinham alguns dos melhores jogadores do mundo e o meu trabalho era mais montar um puzzle e criar um ambiente em que se pudessem expressar da melhor maneira possível», respondeu, quando questionado sobre Ronaldo.

«Também tive equipas, mais recentemente, em que os jogadores não eram tão bons e aí era mais importante e aí é preciso ter mais atenção ao individual», acrescentou.

O técnico português foi ainda perguntado qual o título mais difícil da carreira e a resposta foi, no mínimo, surpreendente para quem já ganhou campeonatos em Portugal, Espanha, Inglaterra e Itália e foi duas vezes campeão da Europa.

«Talvez tenha sido chegar a duas finais europeias com a Roma. Vendo a história, percebe-se porquê. Há coisas que se faz e que são apenas uma consequência normal da situação. Quanto menos condições há, mais crédito se tem quando se vence. Na Roma era impossível chegar a duas finais europeias consecutivas, por isso é que me despediram no terceiro ano», brincou.

Relacionados

Ronaldo

Mais Ronaldo

Patrocinados