Dalić e o empate com Itália: «UEFA e FIFA não cuidam da Croácia»

25 jun, 00:06
Croácia-Marrocos (AP)

Selecionador croata lamentou os penáltis falhados e os golos encaixados para lá do minuto 90. Em todo o caso, discordou do tempo de compensação na última jornada

No rescaldo do empate entre Croácia e Itália (1-1), da terceira e última jornada do Grupo B do Euro2024, Zlatko Dalić revelou-se agastado com o desfecho do encontro.

«Só posso felicitar os meus rapazes pela grande luta que deram. Dói e ainda vai doer nos próximos dias. É futebol. Mantivemos o nosso plano de jogo durante 98 minutos, mas, infelizmente, tudo desabou», analisou.

Em todo o caso, o selecionador croata lamentou o azar do seu grupo nas últimas semanas.

«A Albânia marcou-nos no final do jogo (2-2), a Itália aos 90+8m. Falhámos dois penáltis, sofremos dois golos nos descontos. Tivemos a situação nas nossas mãos e estou dececionado com tudo isto. É um fracasso não termos passado [aos oitavos de final]», lamentou.

Por fim, Dalić visou a UEFA: «Somos um país pequeno e a UEFA e a FIFA não cuidam muito de nós. Temos de nos defender. Oito minutos é um absurdo e nada o justificava. A Croácia tem de ser respeitada, mas o futebol é assim e a vida continua».

A Croácia terminou o Grupo B no terceiro posto, com dois pontos, restando uma pequena hipótese de atingirem as eliminatórias.

Relacionados

Euro 2024

Mais Euro 2024

Patrocinados