Wharton, Sesko e os outros jogadores-promessas de cada seleção do Euro. Aviso polémico: nem todos vão concordar com a escolha para Portugal...

14 jun, 05:55
Portugal

... e isso é normal, o futebol é como a francesinha, alguns gostam com ovo e outros sem. Critério de escolha para estes jogadores-promessas: elegemos um futebolista por cada seleção do Euro, sendo que algumas destas promessas já envolvem jogadores que praticamente já provaram que são os maiores (Gvardiol, por exemplo, mas ainda não é o líder da sua seleção). Ah, e outra destas promessas vem jogar para Portugal em breve e outra já cá está. Esta sexta-feira começa o Euro 2024 e estes são 24 dos artistas que vamos ver quase todos os dias durante o próximo mês. Que sorte

Grupo A

ALEMANHA
FLORIAN WIRTZ

Números na seleção 18 jogos, 1 golo e 4 assistências
Números 2023/24 53 jogos, 19 golos e 19 assistências

Já há alguns anos que ouvimos falar de Florian Wirtz e o médio alemão ainda só tem 21 anos. A saída de Toni Kroos da seleção pode vir a dar-lhe maior preponderância na Mannschaft (mas isso só vai acontecer no fim deste Euro), mas terá um adversário de peso no caminho para a batuta: Jamal Musiala. Apesar da forte concorrência, acreditamos que será um líder em breve.

 


ESCÓCIA
BILLY GILMOUR

Números na seleção 27 jogos, 1 golo e 1 assistência
Números 2023/24 50 jogos, nenhum golo e 2 assistências

Sentimo-nos tentados a nomear Ryan Gauld, mas depois fomos ver e o ex-Sporting e ex-Farense já tem 28 anos e nem sequer foi convocado. Fora de brincadeiras, Billy Gilmour é um dos maiores talentos que o futebol escocês produziu neste século. A época em Brighton não foi famosa, mas foi também a primeira na qual assumiu um estatuto maior numa equipa da Premier League. Vai dar jogador.

 


HUNGRIA
MILOS KERKEZ

Números na seleção 16 jogos, nenhum golo e duas assistências
Números 2023/24 43 jogos, nenhum golo e 1 assistência

É um nome que deve dar alguns flashbacks estilo Vietname a alguns adeptos do Benfica, tal não foi o desastre desta época na lateral esquerda do clube encarnado. Com apenas 20 anos, Milos Kerkez é destacadamente o mais novo da seleção húngara e também a sua maior promessa. Está num bom clube para evoluir, o Bournemouth, onde aprende e vai aprender muito com Andoni Iraola.

 


SUÍÇA
ZEKI AMDOUNI

Números na seleção 15 jogos, 7 golos e nenhuma assistência
Números 2023/24 51 jogos, 13 golos e 1 assistência

Confessamos: não foi fácil escolher um futuro talento na seleção suíça, que é uma daquelas, como o Chile, que parece que joga sempre com os mesmos jogadores de há 10 anos para cá. Zeki Amdouni é dos que mais se destacam. A época no Burnley foi difícil e incluiu uma descida de divisão, mas tal não o faz pior jogador. Pode vir a dar um bom avançado.

 

Grupo B

ESPANHA
LAMINE YAMAL

Números na seleção 7 jogos, 2 golos e 4 assistências
Números 2023/24 57 jogos, 9 golos e 11 assistências

Quando Messi ganhou a sua primeira Champions, Lamine Yamal não era nascido. Quando Cristiano Ronaldo ganhou a sua primeira Champions, Lamine Yamal não sabia andar. Quando o primeiro iPhone foi lançado, Lamine Yamal era apenas um feto. Acho que já percebeu a ideia: o jogador do Barcelona é assustadoramente novo para quem joga como joga. Para bem dele, oxalá não seja mais um Ansu Fati.

 


CROÁCIA
JOSKO GVARDIOL

Números na seleção 30 jogos, 2 golos e nenhuma assistência
Números 2023/24 53 jogos, 5 golos e 2 assistências

Sei que deve estar a pensar que o jogador croata não devia estar nesta lista pois já é um dos melhores defesas do mundo, mas Josko Gvardiol ainda não é líder na seleção do seu país – esse papel cabe a Luka Modric e a outras figuras como Ivan Perisic e Domagoj Vida. Quando estas saírem, será definitivamente a cara da equipa das gravatas.

 


ITÁLIA
RICCARDO CALAFIORI

Números na seleção 2 jogos, nenhum golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 39 jogos, 2 golos e 2 assistências

Foi fulcral na extraordinária época do Bolonha, que deu à equipa italiana a sua primeira qualificação para a Liga dos Campeões. Não deverá tardar até dar o salto para uma equipa maior (peço desculpa, Bologna).

 


ALBÂNIA
KRISTJAN ASLLANI

Números na seleção 20 jogos, 2 golos e 1 assistência
Números 2023/24 43 jogos, 2 golos e 3 assistências

Aos 22 anos, Kristjan Asllani é o único albanês que pode dizer que joga num dos grandes do futebol europeu e mundial (Inter de Milão), apesar de estar tapado por nomes como Hakan Çalhanoglu, Nicolò Barella e Henrikh Mkhitaryan. Um bom Europeu pode catapultá-lo para novos voos.

 

Grupo C

ESLOVÉNIA
BENJAMIN SESKO

Números na seleção 29 jogos, 11 golos e 6 assistências
Números 2023/24 54 jogos, 24 golos e 5 assistências

Fez o percurso habitual do grupo das latinhas metalizadas e saltou do Salzburgo para o Leipzig, clube pelo qual acabou de renovar até 2029. Benjamin Sesko mais do que convenceu na sua primeira época na Bundesliga e será quase certamente um dos grandes jogadores da próxima década.

 


DINAMARCA
RASMUS HOJLUND

Números na seleção 14 jogos, 7 golos e 1 assistência
Números 2023/24 55 jogos, 23 golos e 3 assistências

A sua época não começou nada bem e é legítimo questionar se um Manchester United aos papéis é o melhor clube para Rasmus Hojlund evoluir. No entanto, é nossa crença que, com ou sem United, Hojlund terá um grande futuro pela frente. Os números não mentem: foi um dos melhores do clube inglês esta época.

 


SÉRVIA
PETAR RATKOV

Números na seleção 1 jogo, nenhum golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 35 jogos, 6 golos e 1 assistência

Não deverá jogar muito neste Europeu, pois à sua frente na hierarquia de pontas de lança da seleção sérvia tem Aleksandar Mitrovic, Dusan Vlahovic e Luka Jovic. Ainda assim, e apesar de uma época ligeiramente abaixo das expectativas, vale a pena destacar o jogador do Salzburgo, o mais novo da sua equipa neste Europeu.

 


INGLATERRA
ADAM WHARTON

Números na seleção 1 jogo, nenhum golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 46 jogos, 2 golos e 5 assistências

Chegou ao Crystal Palace em janeiro vindo do Championship e rapidamente se impôs na equipa londrina, que obteve a sua melhor classificação na Premier League desde que regressou ao principal escalão do futebol inglês. Adam Wharton não é alheio a este facto e promete dar muito que falar já neste Europeu.

 

Grupo D

POLÓNIA
JAKUB KIWIOR

Números na seleção 23 jogos, 1 golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 42 jogos, 1 golo e 3 assistências

Com a inevitável retirada de Robert Lewandowski do futebol de seleções a aproximar-se, a Polónia precisará de um novo líder - e esse líder pode ser Jakub Kiwior. Está no sítio certo para poder evoluir, o Arsenal, onde é colega de um dos melhores centrais da atualidade, William Saliba. No entanto, ao contrário de muitos nesta lista, não é evidente que se possa vir a tornar um dos grandes do futebol.

 


PAÍSES BAIXOS
XAVI SIMONS

Números na seleção 14 jogos, 1 golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 55 jogos, 11 golos e 13 assistências

Quem andava pelo Instagram na década passada ouviu de certeza falar deste nome. Desde muito cedo que Xavi Simons é tratado como uma estrela, de tal modo que assinou o seu primeiro contrato publicitário com a Nike aos 13 anos. Não é fácil ser um wonderkid – perguntem a Alen Halilovic ou Hachim Mastour. O facto de ter resistido à pressão e estar a corresponder às expectativas colocadas sobre ele em criança deixa antever um futuro brilhante.

 


ÁUSTRIA
ALEXANDER PRASS

Números na seleção 5 jogos, nenhum golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 48 jogos, 9 golos e 4 assistências

Foi um dos principais obreiros do título do Sturm Graz, que pôs fim a uma série de dez títulos consecutivos do Salzburgo no campeonato austríaco. Se entrar em campo e jogar bem neste Europeu, está perfeitamente apto a dar o salto para a Bundesliga, onde atua uma boa parte dos convocados da Áustria.

 


FRANÇA
WARREN ZAIRE-EMERY

Números na seleção 3 jogos, 1 golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 46 jogos, 4 golos e 7 assistências

Não é tão escandalosamente novo com Lamine Yamal, mas tinha apenas uns meses quando Zinedine Zidane espetou uma cabeçada em Marco Materazzi na final do Mundial de 2006. Ao contrário do que tem sido habitual, o PSG, agora sem Mbappé e outras vedetas, parece um sítio bom para um jovem jogador. Zaire-Emery poderá vir a ter o mundo a seus pés.

 

Grupo E

BÉLGICA
ZENO DEBAST

Números na seleção 8 jogos, nenhum golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 44 jogos, nenhum golo e nenhuma assistência

O há muito envelhecido centro da defesa belga está em processo de renovação e é aqui que o mais recente reforço do Sporting entra. Sob as ordens de Rúben Amorim, é quase inevitável que atinja todo o seu potencial e acabe, infelizmente, por dar o salto para uma liga maior.

 


ESLOVÁQUIA
TOMAS SUSLOV

Números na seleção 28 jogos, 3 golos e 3 assistências
Números 2023/24 47 jogos, 6 golos e 5 assistências

Digo sobre Tomas Suslov o mesmo que disse sobre Jakub Kiwior: não é linear que se venha a tornar um grande jogador. O talento está lá, mas o Hellas Verona, crónico lutador pela manutenção em Itália, pode não ser o sítio indicado para progredir.

 


ROMÉNIA
RADU DRAGUSIN

Números na seleção 17 jogos, nenhum golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 45 jogos, dois golos e uma assistência

Rumou a Londres para o Tottenham vindo do Génova em janeiro e pode ser o grande jogador que a Roménia desesperadamente procura há décadas. A segunda metade da época foi de adaptação ao futebol inglês e deverá ser cada vez mais utilizado por Ange Postecoglou com o passar dos meses. Estaremos atentos.

 


UCRÂNIA
ANATOLIY TRUBIN

Números na seleção 11 jogos, 4 jogos sem sofrer golos
Números 2023/24 55 jogos, 21 jogos sem sofrer golos

O guarda-redes do Benfica fez grandes defesas este ano e parece seguro a jogar com os pés, ainda que tenha cometido alguns erros, naturais para um jogador em evolução. Tem o azar de partilhar a baliza ucraniana com Andriy Lunin, mas tem potencial para poder ser o titular indiscutível da sua seleção.

 

Grupo F

TURQUIA
ARDA GULER

Números na seleção 7 jogos, 1 golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 18 jogos, 7 golos e nenhuma assistência

Passou quase toda a época no estaleiro e não participou em nenhum jogo de mais uma caminhada vitoriosa do Real Madrid na Liga dos Campeões, mas ainda foi a tempo de dar um ar da sua graça na La Liga, apontando 6 golos em apenas 10 partidas. Ficaríamos bastante surpreendidos se daqui não saísse um dos grandes futebolistas dos próximos anos.

 


GEÓRGIA
GEORGES MIKAUTADZE

Números na seleção 25 jogos, 10 golos e 1 assistência
Números 2023/24 42 jogos, 18 golos e 4 assistências

Sim, Georges Mikautadze é mais velho que a grande estrela da Geórgia (Kvaratskhelia), mas são dois jogadores sem comparação. O avançado do Ajax, onde não foi muito feliz, teve uma época excelente no Metz, casa que conhecia bem e para onde seguiu por empréstimo. Pode claramente fazer parte da reconstrução do clube holandês, que chegou a ocupar a última posição da Eredivisie durante esta época.

 


PORTUGAL
JOÃO NEVES

Números na seleção 7 jogos, nenhum golo e nenhuma assistência
Números 2023/24 62 jogos, 3 golos e 1 assistência

Parece impossível ver João Neves a jogar mal, instalou-se na seleção como se instalou no Benfica, como se já estivesse habituado àquilo e não fosse novidade para ele. Não vai quase de certeza ser titular, mas pode ter minutos importantes durante a fase de grupos, caso Portugal facilite a sua própria vida.

 


CHÉQUIA
ADAM HLOZEK

Números na seleção 32 jogos, 2 golos e 2 assistências
Números 2023/24 47 jogos, 7 golos e 6 assistências

Não dá tanto nas vistas como alguns nesta lista, mas Adam Hlozek viveu uma época de sonho em Leverkusen, que terminou com uma dobradinha dos farmacêuticos. Quase sempre utilizado como segundo avançado, vai dar uso ao seu físico para dificultar a tarefa da defesa portuguesa.

Euro 2024

Mais Euro 2024

Patrocinados