Rafa: «Espero que Schmidt fique no Benfica por muitos anos»

18 mai, 12:31
Benfica-Arouca (Tiago Petinga/Lusa)

«As pessoas não têm noção da pessoa que aqui está», disse o agora ex-jogador dos encarnados, que falou sobre todos os treinadores com quem trabalho no Benfica. «Eu e Rui Vitória não nos conectámos muito bem»

Em entrevista à BPlay no adeus ao Benfica, Rafa Silva falou sobre todos os treinadores com quem trabalho nos oito anos ao serviço dos encarnados.

Rui Vitória: «Acho que não nos conectámos muito bem. Não há como fugir, mas não tenho nada de mal a dizer. Não nos conectamos com toda a gente na vida. Eu não o entendi bem e se calhar ele não me entendeu bem. Mas fez um bom trabalho e foi o treinador que me trouxe para cá.»

Bruno Lage: «O mister Bruno foi uma pessoa que aqui, quando estava tudo um bocadinho escuro, trouxe-nos um bocadinho de vida. Foi mesmo uma pessoa muito importante no Benfica. Não foi devidamente apreciado, devia ter sido muito mais. Foi um treinador muito importante, aprendi muito com ele. Trouxe muito boa vida ao nosso balneário.»

Nélson Veríssimo: «As duas vezes em que ele esteve connosco não foram fáceis. Não foram épocas programadas por ele, foi acabar épocas. Foi sempre muito honesto comigo, ainda tenho relação com ele e gosto muito dele.»

Jorge Jesus: «É uma das pessoas de quem eu gosto mais. Ele pode não saber disto, mas é uma das pessoas de quem eu gosto mais porque a honestidade é uma coisa muito importante na nossa vida. É uma pessoa muito frontal e como não tem filtros, eu identifico-me muito com ele. Sai-lhe tudo o que tem para sair e eu gosto muito disso. Aprendi mesmo muito com ele. Ensinou-nos muito e gostava que ele tivesse saído daqui com um título.»

Roger Schmidt: «O mister Roger acaba por ser o mais fácil de falar porque é o nosso treinador. Espero que continue cá muitos anos, espero que o apreciem como treinador porque não têm noção da pessoa que está aqui. Foi uma das fortes razões para eu ter continuado no Benfica, numa altura em que as coisas não estavam a fazer o mesmo sentido na minha cabeça. Tivemos uma conversa depois das nossas férias e fez-me ficar cá. Sou muito agradecido pelo que ele fez por mim, por ter percebido a pessoa que eu sou e sabido lidar comigo e gerir o que eu sou. Um treinador é muito importante também quando sabe lidar com as pessoas. Foi muito importante no meu percurso no Benfica nestes últimos dois anos e conseguiu trazer-nos títulos outra vez depois de três anos.»

Benfica

Mais Benfica

Mais Lidas

Patrocinados