O que a cor da urina diz sobre a sua saúde

CNN , Jamin Brahmbhatt*
20 abr, 09:00
A cor, a transparência e o odor da urina podem funcionar como um boletim diário sobre a sua saúde e fornecer pistas que podem indicar problemas subjacentes. ArNek2529/iStockphoto/Getty Images

Da próxima vez, antes de puxar o autoclismo, dê uma vista de olhos - pode recolher mais informações do que pensa

Como urologista, aprendi a ler os sinais subtis da urina que podem dizer muito sobre o nosso bem-estar. Não se trata apenas de frequência ou urgência, mas também de compreender a cor, a clareza e o odor da urina para entender melhor a saúde.

As várias cores da urina

A cor da urina varia entre o amarelo-pálido e o âmbar escuro, principalmente devido ao urocromo, um subproduto da degradação normal dos glóbulos vermelhos. À medida que estas células envelhecem, decompõem-se e produzem urocromo, que é filtrado pelos rins e dá à urina a sua cor. A intensidade desta cor é um reflexo direto do seu nível de hidratação. Quanto mais hidratado estiver, mais clara será a sua urina.

Qual a cor de uma urina saudável?

Idealmente, a urina deve ser suficientemente clara para se poder ler um livro ou um texto (mas não é necessário testar este exemplo). No entanto, é essencial encontrar um equilíbrio.

Beber demasiada água pode levar a uma sobrehidratação, que dilui os eletrólitos vitais e pode causar intoxicação por água, uma condição rara, mas grave, que reduz os níveis de sódio no sangue para valores perigosos. Este risco é particularmente relevante para atletas e para pessoas que praticam uma atividade física prolongada.

Por outro lado, a ingestão insuficiente de água pode levar à desidratação, à fadiga e a um fraco desempenho cognitivo e físico.

Que quantidade de água se deve beber?

Quando se trata de hidratação, não existe uma recomendação única, mas como urologista posso dar algumas diretrizes que ajudem a encontrar o que funciona melhor para si. As Academias Nacionais de Ciências, Engenharia e Medicina dos EUA sugerem cerca de 15,5 copos (3,7 litros) de líquidos por dia para os homens e 11,5 copos (2,7 litros) para as mulheres, o que inclui todas as bebidas e alimentos. No entanto, as necessidades individuais podem variar muito, dependendo de fatores como o peso, o nível de atividade e o estado de saúde.

Para uma abordagem mais personalizada, recomendo começar com 30 mililitros de água por quilograma de peso corporal por dia. Isto tem em conta as diferenças individuais na massa corporal e pode ser ajustado de acordo com as suas atividades diárias. Se for mais ativo fisicamente ou viver num clima quente, poderá ser necessário aumentar a ingestão de água em 500 a 1.000 mililitros por dia.

É igualmente importante adaptar estas recomendações a condições de saúde específicas. Por exemplo, os doentes com pedra nos rins podem necessitar de mais água para controlar a doença, enquanto pessoas com problemas cardíacos ou renais podem ter de limitar a ingestão de líquidos.

O género, a idade e o estado de saúde também desempenham um papel fundamental na determinação da quantidade certa de água. Os homens tendem a necessitar de mais líquidos do que as mulheres devido ao seu maior tamanho médio, e adultos mais velhos podem necessitar de ter mais atenção à hidratação devido a uma menor sensação de sede.

Independentemente destas diretrizes, os melhores indicadores de uma hidratação adequada são a sede pouco frequente e uma urina amarela-clara. Ouça o seu corpo e ajuste a ingestão de água com base na sua sede, na cor da urina e na forma como se sente, assegurando que se mantém bem hidratado para uma boa saúde 

O que diz a cor da urina 

Vermelho ou cor-de-rosa: Por vezes, a ingestão de alimentos como beterraba ou bagas pode fazer com que a urina fique vermelha ou cor-de-rosa. No entanto, se notar que a sua urina permanece vermelha ou cor-de-rosa durante muito tempo, pode significar que existe sangue na urina. Esta alteração é algo que não deve ignorar e é boa ideia falar com um médico sobre o assunto, uma vez que pode ser um sinal de alerta para cancros da bexiga e dos rins ou para doenças benignas como o aumento da próstata.

Castanho-escuro ou cor de chá: A urina castanha escura ou semelhante à cor de chá pode ser um sinal de que não está a beber água suficiente. Se tem bebido muitos líquidos e a sua urina continua escura, pode ser um sinal de problemas de fígado ou outros problemas de saúde.

Azul ou verde: Ver azul ou verde na sanita pode ser surpreendente, mas pode dever-se a certos medicamentos ou corantes alimentares.

Amarelo vibrante: As vitaminas B podem dar à sua urina uma tonalidade amarela vibrante. Este efeito, embora inofensivo, é um bom lembrete de como a dieta e os suplementos podem influenciar as funções corporais.

O que significa a clareza da urina?

Uma urina turva pode ser sinal de uma infeção ou de um problema renal.

Além disso, é importante ter em conta que a presença de sémen na urina também pode alterar a sua clareza, fazendo com que esta pareça turva.

O aspeto turvo é normalmente benigno e resolve-se por si só, podendo ser natural ou apenas um efeito secundário de medicação ou de cirurgias a uma próstata aumentada.

O que diz o odor da urina?

A urina tem normalmente um odor suave, mas cheiros fortes ou invulgares podem indicar um problema. Um odor forte a amoníaco pode indicar desidratação. Um odor desagradável ou invulgar pode ser sinal de uma infeção do trato urinário.

O consumo de determinados alimentos, especialmente alimentos picantes ou que contenham ingredientes fortes, também pode afetar o odor da urina.

Alimentos como espargos, café e alguns peixes podem produzir um cheiro característico devido aos compostos específicos que contêm e que são excretados na urina.

Um 'check-up' urinário

Quando se trata de conhecer o seu estado de saúde, a urina pode funcionar como um check-up diário. Prestar atenção à sua cor, transparência e odor oferece pistas valiosas que podem indicar problemas de saúde subjacentes.

Se notar alterações na sua urina que não voltam ao normal, é melhor prevenir e consultar um médico.

Lembre-se de que a deteção precoce de potenciais problemas de saúde pode fazer toda a diferença. Por isso, da próxima vez, antes de puxar o autoclismo, dê uma vista de olhos - pode recolher mais informações do que pensa.

*Jamin Brahmbhatt é urologista e cirurgião robótico na Orlando Health e ex-presidente da Florida Urological Society, nos Estados Unidos

Relacionados

Vida Saudável

Mais Vida Saudável

Patrocinados