SEF sinalizou 20 vítimas de tráfico de seres humanos este ano

Agência Lusa , MJC
18 out, 18:25
Controlo nas fronteiras terrestres (Lusa/Nuno Veiga)

As vítimas vieram para Portugal para exploração agrícola e futebol

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) sinalizou 20 vítimas de tráfico de seres humanos este ano em Portugal para exploração agrícola e futebol, disse hoje à Lusa fonte daquele serviço de segurança.

Os dados foram avançados quando se assinala o Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos.

No ano passado, o SEF sinalizou 54 vítimas de tráfico de seres humanos, sendo a maior parte para exploração Laboral.

Contactado pela Lusa, o Observatório do Tráfico de Seres Humanos (OTSH), que dispõe das sinalizações de todos os órgãos de polícia criminal, referiu que os dados sobre 2022 ainda estão a ser apurados.

Na reposta enviada à Lusa, assinada por Rita Penedo, chefe de equipa do OTSH, refere que o Alentejo é a região do país como mais sinalizações de presumíveis vítimas e, simultaneamente, com mais vítimas confirmadas pelas autoridades.

Segundo o OTSH, esta expressividade de sinalizações está relacionada com a exploração laboral no setor da agricultura. Em determinadas situações, uma só investigação pode sinalizar um número elevado de presumíveis vítimas.

O Observatório salienta também que há situações que referenciam o futebol e, como exemplo, referiu uma investigação de 2021 que sinalizou seis homens presumíveis vítimas nacionais da Colômbia.

O OTSH indica ainda que a tendência observada é que Portugal é, principalmente, um país de destino, ou seja, as presumíveis vítimas de nacionalidade estrangeira são recrutadas ou no país da sua nacionalidade ou em outros países onde se encontram a residir e, posteriormente traficadas ou exploradas em Portugal.

O Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2021 indica que os casos de sinalização de tráfico de seres humanos em Portugal aumentaram 38,9% no ano passado em relação a 2020, tendo sido identificados 318 situações, contra as 229 de 2020.

A maioria dos casos sinalizados em 2021 eram homens e tinha como fim a exploração laboral.

Por ocasião do Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos é hoje apresentada, em Guimarães, a campanha contra o tráfico de seres humanos no futebol: “Não deixes que o teu sonho se transforme em pesadelo”.

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados