As suas próximas férias podem ser sobre bem-estar sexual. Saiba porquê

CNN , Matt Villano
25 mai, 15:00
O bem-estar sexual faz parte do crescente setor de bem-estar da indústria de viagens. VladGans/E+/Getty Images

Cada vez mais pessoas estão a viajar para se tornarem melhores no sexo

Algumas pessoas viajam para relaxar. Outras viajam para conhecer novos sítios e explorar o mundo. Contudo, um número crescente de viajantes também está a fazer-se à estrada para se sentir mais confortável com a sua existência enquanto seres sexuais. 

Por outras palavras, cada vez mais pessoas estão a viajar para se tornarem melhores no sexo. 

Os especialistas da indústria referem-se a esta nova tendência como "bem-estar sexual" e dizem que está a ter um grande impacto junto dos viajantes de mente aberta. 

Vários hotéis e resorts dos Estados Unidos lançaram promoções e pacotes para satisfazer este grupo de viajantes sexualmente motivados. A nível internacional, as empresas de viagens independentes lançaram também programas especiais de escapadelas concebidos para ajudar os viajantes a se reconectarem com o seu "eu" sexual. 

No ano passado, o Instituto Global de Bem-Estar previu que o turismo de bem-estar global se tornaria numa indústria de 1,3 biliões de euros até 2027. E os programas de bem-estar sexual têm vindo a ganhar força. 

A Conde Nast Traveler incluiu o bem-estar sexual como uma das principais tendências de viagem para 2024.

Suzannah Weiss, educadora sexual e autora do próximo livro "Subjectified: Becoming a Sexual Subject", afirma que os viajantes procuram cada vez mais este tipo de viagens para resolver a tensão e a insatisfação nas suas vidas sexuais. Segundo ela, muitas pessoas estão stressadas com o trabalho ou com a educação dos filhos e caem em rotinas durante as quais não se ligam umas às outras com o mesmo nível de intimidade que tinham anteriormente. 

Arranjar tempo e espaço para restabelecer a ligação pode trazer enormes benefícios, observa a também sexóloga na BedBible.com

"Muitos casais têm dificuldades na sua vida sexual porque os seus sistemas nervosos estão em luta ou fuga devido às exigências do trabalho e da parentalidade. As férias são uma óptima maneira de se reconectarem sexualmente."

Otimizar a intimidade 

Um dos programas de bem-estar sexual mais robustos da atualidade encontra-se no Miraval Arizona, um resort e spa exclusivo nos arredores de Tucson. 

Ali, a educadora sexual Lyndi Rivers ensina três programas diferentes orientados para o bem-estar sexual - dois para homens e mulheres e um só para mulheres. A mais recente aula, intitulada "Optimize Your Sex Life" (Optimize a sua vida sexual), foi concebida para ajudar os participantes a saber o que motiva os seus parceiros em relação ao sexo.

Rivers refere que a aula facilita a comunicação e dá aos "alunos" competências que podem praticar no hotel e nos quartos em casa. 

A outra aula mista ensina os participantes a melhorarem a ligação com eles próprios, enquanto a aula só para mulheres se aprofunda em pormenores sobre a forma como o corpo feminino processa o desejo espontâneo e reativo. Todas as aulas de grupo custam 115 euros por pessoa. 

O resort de luxo Miraval Arizona tem três programas destinados ao bem-estar sexual. Ken Hayden/Miraval Arizona Resort & Spa 

"O meu objetivo é fornecer as ferramentas e a informação de que as pessoas necessitam para se compreenderem melhor e desenvolverem a curiosidade de criar a vida sexual e amorosa que desejam", afirma Rivers. "A definição de cada um sobre o que é uma boa vida sexual será um pouco diferente, e tento realmente adaptar-me a isso." 

Rivers também disponibiliza, mediante pedido, sessões individuais de coaching e aconselhamento.

O bem-estar sexual é uma das opções no menu do novo SHA México, um resort e clínica de luxo com tudo incluído, com 35 residências e 100 quartos, inaugurado no final de janeiro na Costa Mujeres. 

Como parte de uma estadia básica, os hóspedes recebem avaliações abrangentes da saúde física, emocional e mental. Em seguida, escolhem entre quatro programas de saúde personalizados com base nos resultados da avaliação. 

Aqueles que desejam melhorar o bem-estar sexual podem reservar tratamentos médicos adicionais (e à la carte) de uma variedade de opções, como terapia de ondas de choque para disfunção erétil nos homens e sessões de fisioterapia que ajudam a fortalecer os músculos do pavimento pélvico nas mulheres.   

Esses procedimentos são administrados por um setor da clínica conhecido como "Unidade de Bem-Estar Sexual", de acordo com o diretor clínico Jair Olivares. 

Olivares explica que a saúde sexual é uma parte importante do bem-estar geral. 

"A saúde sexual evolui com a idade, mas com uma abordagem médica holística, essas mudanças podem ser geridas de forma realista para aumentar a satisfação e a realização sexual, integrando assim o bem-estar na vida de todos os nossos hóspedes", afirma Olivares. 

O Miraval Arizona em Tucson está rodeado pelo deserto de Sonora e pelas montanhas de Santa Catalina. Miraval Arizona Resort & Spa

Outras opções 

Dependendo do que o casal pretende, há uma série de outros tratamentos de bem-estar sexual e escapadelas disponíveis. 

IntimacyMoons, uma empresa criada pela terapeuta sexual Marissa Nelson, oferece retiros privados para executivos e respectivos parceiros. Um retiro no hotel Conrad em Washington, D.C., inclui uma hora de consulta antes do retiro, seis horas de workshops e duas sessões após o retiro. (Também podem ser organizados retiros privados em Martha's Vineyard, Miami, Bahamas ou Barbados).

Existem ainda outras opções especializadas de bem-estar sexual.

Os retiros da Back to the Body, uma empresa de viagens independente, destacam sessões de trabalho corporal com treinadores de intimidade para identificar o desejo e superar a vergonha. O Sex Club, outro operador, oferece workshops em Londres e Berlim com um toque mais picante, com exercícios específicos para explorar novas abordagens ao toque, ao prazer e muito mais.

Vários hotéis estão a explorar outros aspetos do bem-estar que podem ter impacto nas ligações sexuais.

Um exemplo: The Longfellow Hotel em Portland, Maine, EUA. A propriedade de 48 quartos deverá ser inaugurada brevemente e está a criar um programa à volta de pacotes e produtos de spa para mulheres que abordam exclusivamente questões de saúde feminina, como a menopausa e a TPM. 

A diretora do spa, Melissa DeLois, disse que o hotel oferecerá um tratamento que incorpora massagem e trabalho de respiração guiada, projetado para ajudar as mulheres na menopausa. 

"Ninguém nos ensina realmente sobre a menopausa; a única coisa que eu sabia era que se tem afrontamentos e que se perde o período. Estamos apenas a tentar tornar o assunto o mais acessível possível e a falar muito sobre ele. Queremos certificar-nos de que não é um tabu." 

Fazer o trabalho 

Nem todos os resorts têm tido sucesso com programas de bem-estar sexual. 

O Hotel Wailea, por exemplo, um resort de luxo Relais & Chateaux só para adultos em Maui, ofereceu um pacote de bem-estar sexual no início deste ano e descontinuou-o após algumas semanas. Este programa em particular chamava-se "Intimate Connections Tantra Experience" e incluía uma sessão privada de 90 minutos conduzida por um praticante de Tantra. 

De acordo com a descrição do programa, a sessão incluía exercícios de respiração suave, movimentos sincronizados e exercícios de respiração partilhada - todos concebidos para criar um espaço sagrado para a vulnerabilidade, confiança e exploração emocional.

Os representantes do hotel não quiseram comentar a mudança.

Weiss, a educadora sexual, acrescenta que outras propriedades têm tido dificuldades com promoções de bem-estar sexual que incorporam nada mais do que um quarto caro e um saco de brinquedos sexuais.  

"Às vezes é tudo uma questão de marketing", refere. "Por vezes, pode ser um truque". 

Como os programas de bem-estar sexual podem mudar inesperadamente e o assunto é tão sensível, às vezes pode ser difícil encontrar informações detalhadas sobre as ofertas online. 

De acordo com Weiss, a melhor forma de avaliar os programas é contactar diretamente os estabelecimentos e pedir um resumo completo do que está incluído. Muitas vezes, isto significa contactar o spa, se a receção não tiver informações completas. 

Weiss acrescenta que quando os viajantes reservam uma viagem de bem-estar sexual, é importante ir com zero inibições e vontade de fazer o trabalho. 

"Pode ir para uma estância fantástica com um pacote de sexo maravilhoso, mas se não estiver aberto a ligar-se ao seu parceiro [ou a si próprio], não vai tirar muito proveito disso", salienta. "Esteja aberto a fazer coisas [novas]. Pensem em novas atividades que possam fazer juntos. Escutem. Isso (...) vai levar a umas férias inesquecíveis."

Amor e Sexo

Mais Amor e Sexo

Patrocinados