Perseguia crianças e comia cães. Como vingança assaram e comeram este crocodilo com mais de três metros

CNN , Angus Watson
16 jun, 12:00
O animal foi assado num churrasco depois de ter sido abatido pela polícia (Northern Territory Police via CNN Newsource)

Uma comunidade australiana remota vingou-se de um enorme crocodilo de água salgada comendo a fera de 3,6 metros, acusada de devorar animais de estimação e de perseguir crianças.

Na quarta-feira, a polícia da cidade de Bulla, no Território do Norte da Austrália, abateu o crocodilo depois de o considerar um "risco significativo para a comunidade".

Em comunicado, a polícia do Território do Norte disse que o predador "estava a perseguir e a atirar-se da água a crianças e adultos" e que "alegadamente também tinha levado vários cães da comunidade".

Numa atitude consciente em relação ao desperdício, o crocodilo foi "preparado para um banquete da maneira tradicional", confirmou a polícia, mas não antes de as autoridades aproveitarem a oportunidade para dar às crianças locais uma "sessão improvisada de segurança para crocodilos", incluindo um "olhar de perto sobre os perigos dentro dos nossos cursos de água".

Em declarações à emissora pública ABC, o sargento Andrew McBride, da polícia do Território do Norte, confirmou que o animal foi "cozinhado numa sopa de cauda de crocodilo, estava no churrasco, alguns pedaços foram embrulhados em folhas de bananeira e cozinhados debaixo da terra".

"Foi um banquete tradicional bastante grande e havia algumas barrigas cheias", acrescentou o Sargento McBride.

Tanto a espécie de crocodilo de água salgada como a de água doce estão protegidas na Austrália, onde a caça aos animais é proibida por lei federal desde 1971 - uma altura em que a caça furtiva os tinha levado quase à extinção.

O número de crocodilos aumentou nas décadas seguintes, com o Território do Norte a albergar atualmente cerca de 100 mil crocodilos, de acordo com o governo local.

Outros milhares de crocodilos estão distribuídos pelo norte dos estados vizinhos de Queensland e Austrália Ocidental.

"Qualquer corpo de água em The Top End pode conter crocodilos grandes e potencialmente perigosos", indica a especialista em vida selvagem do governo, Kristen Hay, usando um nome coloquial para o Território do Norte.

O website do território refere que os crocodilos de água salgada podem atingir seis metros, pesar até uma tonelada e "comem praticamente tudo".

Isto significa que as interações entre crocodilos e seres humanos podem ser fatais, e os guardas florestais do norte da Austrália retiram centenas de crocodilos de água salgada das zonas povoadas todos os anos.

Em abril, um rapaz de 16 anos foi morto por um crocodilo no norte de Queensland quando tentava nadar até à costa depois de o seu barco se ter avariado. No ano passado, os restos mortais de um pescador de 64 anos foram recuperados do interior de um crocodilo, também em Queensland.

Um rapaz de nove anos teve a sorte de sobreviver a um ataque de crocodilo no Parque Nacional de Kakadu, no Território do Norte, em janeiro, depois de ter sido hospitalizado com "feridas perfurantes".

Mundo

Mais Mundo

Mais Lidas

Patrocinados