"Vou disparar numa escola primária". Atirador de Uvalde anunciou o massacre no Facebook

CNN Portugal , MJC
25 mai, 19:14

Conferência de imprensa do governador do Texas foi interrompida pelo democrata Beto O'Rourke, que acusou Greg Abbott de nada fazer para impedir o ataque, uma vez que é um defensor da livre posse de armas

Salvador Ramos, o jovem responsável pela morte de 19 crianças e duas professoras na escola primária de Uvalde, no Texas, anunciou o que ia fazer numa série de publicações no Facebook, cerca de 30 minutos antes de chegar à escola. A revelação foi feita pelo governador do Texas, Greg Abbott, em conferência de imprensa, esta quarta-feira. 

No primeiro post, o jovem escreveu: "Vou balear a minha avó". A seguir, confirmou: "Eu atirei sobre a minha avó". E anunciou: "Vou disparar numa escola primária", segundo Abbott.

Depois destas revelações, o porta-voz da Meta (Facebook), Andy Stone, explicou que não eram posts mas sim mensagens: "As mensagens que o governador Abbott descreveu eram mensagens de texto privadas que foram descobertas após a terrível tragédia. Estamos a cooperar estreitamente com as autoridades policiais na investigação em curso."

O governador do Texas, Greg Abbott, explicou que o jovem de 18 anos baleou primeiro a sua avó, com quem morava, ferindo-a no rosto. Enquanto ele fugiu de carro no carro da avó, a mulher de 66 anos conseguiu atravessar a rua e pedir ajuda a um vizinho, que chamou a polícia. A avó continua hospitalizada.

Já perto da escola, Ramos sofreu um acidente, abandonou o veículo e entrou na Robb Elementary School por uma porta traseira. Os seguranças da escola dirigiram-se a ele, mas o jovem conseguiu entrar dentro de uma sala de aulas, bloqueando a porta. O ataque causou 21 mortos e 17 feridos.

Steven McCraw, diretor do Departamento de Segurança Pública do Texas, explicou que o jovem de 18 anos não tinha antecedentes criminais: "A 17 de março, Ramos comprou um espingarda semiautomática numa loja local de artigos desportivos. A 18 de março, ele comprou 375 munições para essa espingarda. A 20 de março, ele comprou outra espingarda semiautomática nessa mesma loja", disse McCraw.

"Estas crianças nunca mais irão à escola", declarou o governador. "Uvalde foi abalada na sua essência. As famílias estão despedaçadas, corações partidos para sempre. Todos os texanos estão de luto com as pessoas de Uvalde. E as pessoas estão legitimamente zangadas com o que aconteceu. Eventos como este rasgam o tecido da comunidade. O nosso trabalho é garantir que a comunidade não seja dilacerada. Todos os texanos devem unir-se e apoiar as famílias que foram afetadas por esta terrível tragédia."

Beto O'Rourke interrompe conferência de imprensa

A conferência de imprensa foi interrompida por Beto O'Rourke, ex-representante do Texas no Congresso, que gritou: "Isto era completamente previsível". O'Rourke aproximou-se do palco onde estavam Greg Abbott e os senadores Ted Cruz e John Cornyn, entre outros, responsabilizando-os pelo que aconteceu: "Vocês não fizeram nada", acusou, apontado sobretudo para Abbot, que é conhecido por ser um defensor da posse livre de armas.

Beto O'Rourke acusou o governador de estar a mentir ao dizer que fizeram tudo o que foi possível e acabou por ser retirado da sala por seguranças. "Alguém tem de defender as crianças deste estado ou elas continuarão a ser mortas como foram mortas em Uvalde ontem", disse, antes de sair da sala.

Greg Abbot reagiu acusando O'Rourke de "seguir uma agenda", uma vez que o democrata está a disputar o lugar de governador: "Há familiares que choram enquanto falamos, há familiares cujos corações estão partidos, não há palavras que alguém possa vir aqui gritar que façam alguma coisa para curar esses corações partidos. Todos nós, todos os texanos, todos os americanos somos responsáveis. Precisamos concentrar-nos não em nós mesmos nem nas nossas agendas", disse.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados