Negociadores da paz vão encontrar-se em Istambul, mas Ucrânia não espera "qualquer avanço"

28 mar, 10:02

Turquia está empenhada num acordo entre as partes, com Ankara a pretender ainda ser um dos garantes de segurança de Kiev no futuro

As delegações da Ucrânia e da Rússia vão retomar as negociações de paz "hoje ou amanhã", em Istambul, indicaram fontes das duas comitivas, depois de um responsável turco ter informado que teriam início nesta tarde.

Tanto do lado ucraniano como russo vai ser difícil retomar as conversações ainda hoje, uma vez que as duas delegações deverão chegar tarde à cidade turca.

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan e o homólogo russo Vladimir Putin acordaram durante um telefonema no domingo que o encontro teria lugar naquela cidade, estando a Turquia empenhada num acordo entre as partes.

Kiev, no entanto, assume, desde já, que não espera grandes avanços no conflito com Moscovo.

"Penso que não haverá qualquer avanço nas questões principais", disse o porta-voz do ministério do Interior ucraniano, Vadym Denysenko.

A Turquia é, neste momento, um dos países que poderão garantir a segurança da Ucrânia na sequência de um eventual acordo de neutralidade com a Rússia, assumiu fonte do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

"A Turquia está entre os países que podem ser o garante da nossa segurança no futuro", disse o vice-chefe do gabinete presidencial, Ihor Zhovkva, quando as partes se preparam para voltar à mesa de negociações.

Kiev quer garantias de segurança, vinculativas, por parte de um grupo de aliados, que ofereçam proteção à Ucrânia em caso de novo ataque.

Acompanhe a Guerra na Ucrânia AO MINUTO em CNN Portugal.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados