A liberdade também se celebra em Itália: os 79 anos do fim da ditadura de Mussolini

25 abr, 10:35
Não é só em Portugal que se comemora a liberdade, em Itália também. Neste dia, há 79 anos, ouviu-se a popular canção Bella Ciao, como símbolo de resistência contra o fascismo durante a Segunda Guerra Mundial.  A data assinala o dia em que, em 1945, a ditadura fascista de Benito Mussolini foi derrubada e foi colocado fim à ocupação alemã. A queda do regime de Mussolini e a subsequente libertação de Itália marcaram um momento histórico do país, que levou à instauração da República e ao fim do regime fascista.  O Dia da Libertação é celebrado por toda a Itália com várias cerimónias, desfiles e eventos. Em Roma, os Corazzieri, a Guarda Presidencial, alinham-se para a cerimónia de colocação de coroas de flores no Altar da Pátria. Estão presentes o presidente do Senado, Ignazio La Russa, a primeira-ministra Giorgia Meloni, o presidente Sergio Mattarella e o ministro da Defesa, Guido Crosetto.

Europa

Mais Europa

Patrocinados