Portugal
Finalizado
2 - 1
Chéquia

Wendell e a final da Taça: «É o jogo mais importante do ano»

23 mai, 23:26
FC Porto-Moreirense

Lateral-esquerdo antecipou o confronto com o Sporting no Jamor juntamente com Evanilson

Além de Sérgio Conceição, também Wendell e Evanilson anteciparam a final da Taça de Portugal contra o Sporting, agendada para o próximo domingo. O lateral-esquerdo considerou o duelo do Jamor como «o jogo mais importante do ano».

«O grupo está bastante confiante. Sabemos que vai ser um jogo difícil no domingo, mas esperamos com o nosso trabalho diário e concentração chegar lá, fazer um grande jogo e conseguir o título que está em disputa. É o jogo mais importante do ano, esperamos ganhar e conseguir um troféu importante para nós», referiu, em entrevista à RTP.

O internacional brasileiro salientou que a «dificuldade vai ser muito grande» no embate com o campeão nacional, mas recordou o que os dragões fizeram no duelo mais recente, no Dragão.

«A dificuldade vai ser muito grande. Sabemos das qualidades que eles têm, vimos nos confrontos diretos. Trabalhámos muito bem durante a semana para contrariar os pontos fortes deles. Esperamos replicar a primeira parte que fizemos no Dragão, temos que pegar nisso como base e prolongar durante o jogo todo. Queremos que os nossos alas estejam num bom dia, não só eles, mas todos os jogadores que estão em campo. Que possam resolver o jogo e consigamos sair com o título», disse.

Wendell vai chegar ao Jamor com «combustível maior» pela convocatória para a Copa América, competição onde vai representar o Brasil. 

«Sem o trabalho no FC Porto não seria chamado, por isso tenho de agradecer a todos», salientou.

Por seu turno, Evanilson argumentou que a equipa «preparou muito bem» e «ajustou alguns aspetos do clássico» do Dragão. Questionado sobre se gostaria de macar no estádio nacional, o avançado defendeu que o «mais importante» é ganhar o troféu.

«Individualmente é muito bom para mim, mas se outro jogador conseguir marcar e vencermos, isso é o mais importante. Desde o começo da época, trabalhamos sempre para conquistar títulos, mas infelizmente não conseguimos o campeonato e a Taça da Liga. Agora, estamos a preparar-nos muito bem para conquistarmos a Taça de Portugal», atirou.

Questionado sobre a chamada a estreia pelo Brasil nesta época, situação idêntica às de Wendell e Pepê, o goleador portista confessou que «vai cumpriu um sonho de criança».

«Foi um sonho de criança cumprido ser chamado para a seleção brasileira. É uma motivação extra. Quero continuar agora o meu trabalho no FC Porto, focado para ganharmos esta final», concluiu.
 

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados