Estados Unidos e Filipinas envolvidos em exercício com navios militares perante ameaça da China

17 jun, 12:21
Exercício conjunto no Mar do Sul da China (X)

Quatro navios de guerra realizaram operação que também envolveu Japão e Canadá

Estados Unidos, Canadá, Japão e Filipinas realizaram um exercício militar de dois dias na zona económica exclusiva de Manila, no Mar do Sul da China, onde a tensão com Pequim tem subido de tom nas últimas semanas.

A confirmação foi dada pela frota norte-americana do Pacífico, que participou no exercício naval.

O objetivo, refere o comunicado, assentou numa atividade de cooperação com o objetivo de “intensificar a liberdade de navegação e de sobrevoo, reafirmando o comprometimento dos quatro países em fortalecer a estabilidade e segurança regional”, pode ler-se.

Nos exercícios estiveram envolvidos quatro navios de guerra que participaram numa série de manobras navais para testar e validar a interoperabilidade das forças armadas dos quatro países, bem como as doutrinas militares, táticas, técnicas e procedimentos.

Trata-se, de resto, de um exercício semelhante a um realizado em abril, que também juntou Estados Unidos, Japão e Filipinas, mas que teve a Austrália em vez do Canadá como quarto interveniente.

As Filipinas aproximam-se cada vez mais de países que apoiam a sua retórica e reivindicação de território no Mar do Sul da China, onde existe um grande pedaço que é disputado com a China, que tem aumentado a agressividade na região, nomeadamente através de disparos com canhões de água contra navios filipinos.

Além de China e Filipinas, também Brunei, Malásia, Taiwan e Vietname reclamam soberania de várias zonas desta região altamente crítica para o comércio marítimo, passando por ali quase três biliões de euros em transação de bens todos os anos.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados