Detido em Viana do Castelo homem que se encontrava em fuga há dois anos

18 nov, 13:30
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária

Arguido tinha sido condenado em 2019 por roubo qualificado e detenção de arma proibida

PUB

A Polícia Judiciária (PJ) deteve em Viana do Castelo um homem, de 63 anos, condenado a uma pena de seis anos e oito meses de prisão efetiva, que se encontrava em fuga desde 2019, foi divulgado esta quinta-feira.

Em comunicado, a PJ de Braga adiantou que o homem, natural de Viana do Castelo, “é considerado perigoso e violento” e “encontrava-se em fuga” desde dezembro de 2019, altura em a condenação “transitou em julgado, pelo cometimento de crimes de roubo qualificado e detenção de arma proibida”.

PUB

“Tem um longo passado criminal, registando já várias condenações em tribunal, além dos crimes acima referidos, pelos crimes de tráfico de estupefacientes e aquisição de moeda falsa para ser posta em circulação”, acrescenta a polícia.

A detenção ocorreu na quarta-feira, na sequência do cumprimento de um mandado de detenção, emitido pelo juízo central criminal de Vila do Conde.

Os “factos pelos quais o detido foi condenado reportam-se ao dia 22 de agosto de 2017”, quando, “juntamente com dois outros indivíduos, cometido um roubo com utilização de armas de fogo numa agência bancária sita na localidade de Fontainhas, concelho da Póvoa de Varzim”, no distrito do Porto.

PUB
PUB
PUB

Segundo a PJ, a investigação “correu termos na diretoria do Norte e foi concluída em maio de 2018”, sendo que o homem “foi detido no âmbito desse inquérito e sujeito à medida de coação de prisão domiciliária, medida essa que viria a incumprir”.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça