Corpo de ex-primeiro-ministro japonês já chegou a Tóquio

Agência Lusa , BCE
9 jul, 08:15
O carro funerário que deverá transportar o corpo de Shinzo Abe (AP Photo/Eugene Hoshiko)

Shinzo Abe morreu após ter sido alvo de um ataque durante um comício na cidade de Nara

O corpo de Shinzo Abe chegou este sábado a Tóquio, vindo de Nara, no oeste do país, onde o ex-primeiro-ministro japonês foi baleado mortalmente na sexta-feira durante um comício eleitoral.

De acordo com a AFP, um carro funerário terá entrado este sábado na residência de Abe, na capital nipónica. Imagens divulgadas pelas televisões japonesas revelaram também líderes do Partido Liberal Democrático (LDP, do antigo primeiro-ministro), vestidos de preto e alinhados em sinal de respeito.

Shinzo Abe foi baleado mortalmente na sexta-feira, quando discursava num comício de rua do LDP, perto da estação ferroviária de Nara.

O político ainda foi transportado para o hospital, mas já em paragem cardiorrespiratória, tendo a morte sido confirmada cerca de cinco horas depois.

Tetsuya Yamagami, o suspeito do ataque, que terá utilizado uma arma artesanal, foi imobilizado pelos serviços de segurança de Abe e levado pela polícia, que posteriormente revistou a sua casa e encontrou outras armas semelhantes fabricadas pelo alegado autor.

Yamagami encontrava-se desempregado desde maio, quando deixou de trabalhar numa empresa industrial em Kansai, no centro-sul do país. Entre 2002 e 2005 integrou o exército nipónico, de acordo com o Ministério da Defesa.

Abe foi primeiro-ministro em 2006-2007 e depois de 2012 a 2020, tendo sido o chefe de Governo mais jovem do pós-guerra, aos 52 anos, o primeiro nascido depois da Segunda Guerra Mundial e o que esteve mais tempo no cargo.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados