«Sinto-me um pouco como numa prisão», diz tenista retida na Austrália

7 jan, 23:11
Renata Voracova
Renata Voracova

Checa Renata Vorácová está retida num hotel Melbourne depois de ter visto o seu visto cancelado pelas autoridades australianas

PUB

Renata Vorácová, tenista checa que está retida num hotel Melbourne depois de ter visto o seu visto cancelado pelas autoridades australianas – uma situação semelhante à de Novak Djokovic –, afirmou que se sente como se estivesse numa prisão.

«Estou num quarto e não posso ir a lado nenhum. Há guardas por toda a parte, inclusivamente, debaixo da minha janela, o que é bem estranho. Talvez eles pensem que eu vou saltar e fugir», afirmou aos meios de comunicação da República Checa, e citada pela Lusa.

PUB

«Eles trazem-me comida e há um guarda no corredor. Tudo é racionado. Eu sinto-me um pouco como numa prisão», acrescentou a especialista em pares de 38 anos.

Vorácová, diga-se, estava na Austrália há alguns dias, ela que teve direito a uma isenção médica concedida pela federação australiana por ter recuperado da covid-19 há pouco tempo.

No entanto, esta sexta-feira, viu o seu visto ser cancelado e prepara-se para deixar o país, em princípio este sábado, segundo a própria.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados