Turquia: presidente que agrediu árbitro banido do futebol

15 dez 2023, 10:58
Agressão a árbitro na Turquia (Abdurrahman Antakyali/Depo Photos via AP)

Ankaragucu vai jogar à porta fechada nos próximos cinco jogos e também foi multado

Faruk Koca, presidente do Ankaragucu que agrediu o árbitro Halil Umut Meler a soco, foi banido de forma permanente, anunciou esta quinta-feira a Federação Turca de Futebol (TFF).

O Conselho de Disciplina do organismo aplicou uma suspensão de cinco anos que, por ultrapassar o limite de três, torna-se permanente. Também foi decidido que o Ankaragucu jogue à porta fechada nos próximos cinco jogos em casa e aplicada uma multa de cerca de 63 mil euros.

Após o empate entre Ankaragucu e Rizespor, Koca invadiu o relvado e agrediu o árbitro a soco, antes de outros elementos do clube anfitrião terem pontapeado Umut Meler. Depois de ser detido, Koca apresentou a demissão do cargo e pediu desculpas pelo ato violento.

De resto, outros dirigentes do Ankaragucu também foram sancionados, dois deles com castigo semelhante ao do antigo presidente.

O futebol turco esteve suspenso, mas vai retomar a 19 de dezembro.

Relacionados

Patrocinados