Futebol turco em ebulição: dirigente que agrediu árbitro está internado no hospital

12 dez 2023, 08:45

Presidente do Ankaragücü deslocou-se às urgências com fortes dores no peito e está sob observação

Faruk Koca, presidente do Ankaragücü que agrediu o árbitro Halil Umut Meler, no final do jogo da liga turca com o Rizespor, está internado numa unidade hospitalar, em observação, sob suspeita de uma iminente crise cardíaca.

O dirigente, um dos protagonistas do incidente que deixou o futebol turco em ebulição, deslocou-se ao hospital com fortes dores no peito e hipertensão.

O médico de Faruk Koca, o doutor Erdoğan İlkay, deu conta do estado de saúde do presidente do Ankaraguçu numa breve declaração à imprensa que estava junto ao hospital. 

«O nosso paciente, a quem já havíamos colocado um tubo na artéria coronária direita, chegou ao nosso pronto-socorro com pressão arterial de 190 a 120 e sensação de forte pressão no peito. Está agora em observação. O monitoramento enzimático será feito três vezes a cada duas horas durante 24 horas», referiu.

O dirigente está, agora, estável, mas vai ficar em observação, até porque não está livre de perigo. «Há risco de vida, por isso ele fica internado. Fica mais protegido em caso de infarto. Por isso é importante que fique em observação 24 horas por dia», acrescentou ainda o médico.

O árbitro Halil Umut Meler, que também foi transportado para o hospital para receber assistência médica, também está em observação, mas não corre perigo de vida.

Relacionados

Patrocinados