Dois concelhos de Faro em perigo máximo de incêndio

Agência Lusa , WL
25 mai, 08:34
Incêndio em Faro (Duarte Drago, Lusa)

O perigo de incêndio vai manter-se em alguns distritos nos próximos dias.

Os concelhos de São Brás de Alportel e de Tavira, no distrito de Faro, apresentam hoje um perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também perto de 30 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Portalegre e Castelo Branco em perigo muito elevado de incêndio rural e mais de 40 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Évora, Portalegre, Santarém, Castelo Branco, Viseu, Guarda, Vila Real e Bragança em perigo elevado.

De acordo com os cálculos do instituto, o perigo de incêndio vai manter-se em alguns distritos nos próximos dias.

O perigo de incêndio rural, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Nos dias de perigo muito elevado ou máximo é proibido fazer queimadas e utilizar máquinas motorizadas não dotadas de determinados equipamentos, como extintores e dispositivos de retenção de faíscas ou faúlhas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado, apresentando-se geralmente muito nublado no litoral da região Norte e, até ao final da manhã e a partir do final da tarde, no litoral da região Centro. A partir da tarde está prevista chuva fraca ou chuvisco no litoral Norte.

Deverá registar-se uma pequena descida da temperatura máxima no Norte e Centro e uma pequena subida no sotavento algarvio.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os seis graus Celsius (em Bragança) e os 15 (em Faro) e as máximas entre os 19 (em Viana do Castelo) e os 30 (em Faro).

País

Mais País

Patrocinados