Rússia vai difundir teorias da conspiração para minar apoio ocidental à Ucrânia. "Os russos estão a ficar mais espertos"

2 out 2023, 19:07
Ruas de São Petersburgo (EPA)

Segundo fontes do executivo de Washington D.C., Vladimir Putin tem assistido com atenção aos debates do Partido Republicano na corrida às eleições presidenciais do próximo ano. Atualmente, uma franja dos Republicanos no Congresso está contra o envio de mais ajuda à Ucrânia

Responsáveis do governo dos Estados Unidos afirmaram ao The New York Times estarem convencidos de que a Rússia vai difundir teorias da conspiração para tentar minar o apoio ocidental à Ucrânia.

De acordo com o jornal americano, o Kremlin vai recorrer às suas agências de informação para promover partidos pró-russos no Ocidente, bem como utilizar “novas tecnologias” para propagar teorias da conspiração.

Segundo fontes do executivo de Washington D.C., Vladimir Putin tem assistido com atenção aos debates do Partido Republicano na corrida às eleições presidenciais do próximo ano. Atualmente, uma franja dos Republicanos no Congresso está contra o envio de mais ajuda à Ucrânia.

Os responsáveis alertam ainda que Moscovo pode tentar influenciar os resultados de eleições na Europa, como as eleições para o Parlamento Europeu em 2024. O resultado das recentes eleições legislativas na Eslováquia, após as quais o partido SMER, liderado pelo pró-russo Robert Fico, está encarregue de formar governo, podem dar alento ao Kremlin.

"A Rússia não vai desistir das campanhas de desinformação", afirmou ao jornal Beth Senner, antiga alta responsável dos serviços de informação dos Estados Unidos. "Mas não sabemos como é que isso vai acontecer. Devemos partir do princípio de que os russos estão a ficar mais espertos", completou.

Uma das teorias mais difundidas pela Rússia após a invasão é a da existência de laboratórios americanos de fabrico de armas biológicas na Ucrânia, e foi apresentada como uma das justificações para a denominada “operação militar especial” lançada a 24 de fevereiro de 2022.

Relacionados

E.U.A.

Mais E.U.A.

Mais Lidas

Patrocinados