João Rendeiro regressa ao tribunal na África do Sul

14 dez 2021, 07:33

Ex-banqueiro chegou ao tribunal transportado num carro celular com vários detidos

PUB

Pouco passava das 7:30 (9:30 em Verulam, África do Sul) quando João Rendeiro chegou ao tribunal de Verulam, nos arredores de Durban. O ex-banqueiro passou a noite na prisão de Westville, a cerca de 30 quilómetros do Verulam Magistrates.

João Rendeiro chegou ao tribunal transportado num carro celular com vários detidos.

PUB

Este é o segundo dia em que João Rendeiro vai estar na sala de tribunal, depois de na primeira presença perante juiz, na segunda-feira, para legalizar a prisão preventiva, a defesa ter pedido liberdade sob fiança.

A audiência está marcada para as 11:00 (hora local).

Extradição já foi discutida pela defesa

A defesa pretende que João Rendeiro saia sob fiança, mas esse é um pedido que também estará dependente do processo de extradição, que deve ser discutido entre as autoridades portuguesas e sul-africanas.

"O processo de fiança está obviamente dependente do processo de extradição. Há papelada a ser discutida entre os dois países", explicou Natasha Kara.

Em entrevista à CNN Portugal, June Marks, a advogada de João Rendeiro, admite que esse já foi um cenário colocado em cima da mesa. June Marks remete para as palavras do Ministério Público: "Temos de passar pela primeira audiência para depois podermos discutir o tema da extradição", acrescentou, falando de uma questão que garante não ter sido "ignorada". De resto, a advogada diz que o processo de extradição possa levar "anos".

PUB
PUB
PUB

O antigo presidente do BPP foi condenado em três processos distintos relacionados com o colapso do banco, um deles já transitado em julgado, tendo o tribunal dado como provado que retirou daquela instituição 13,61 milhões de euros.

O colapso do BPP em 2010 lesou milhares de clientes e causou perdas de centenas de milhões de euros ao Estado.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados