Saiba tudo sobre o Euro aqui

Suspenso procurador guineense detido em Lisboa por suspeita de tráfico de droga

Agência Lusa , AG
25 abr, 21:16
Sala de audiências

Ministério Público fala em "gravidade" em relação aos possíveis crimes

O procurador da Guiné-Bissau Eduardo Mancanha, detido em Lisboa por suspeita de tráfico de droga, foi esta quinta-feira suspenso de funções pelo Conselho Superior de Magistratura do Ministério Público, anunciou o órgão através de um comunicado.

No documento, refere-se que Eduardo Mancanha, que se encontrava de licença de serviço para estudar em Portugal, há mais de três anos, foi detido “em flagrante delito” na posse de dois quilogramas de um produto que se presume ser droga.

“Tendo em conta a gravidade da referida conduta”, o Conselho Superior da Magistratura do Ministério Público, à luz dos estatutos dos magistrados do Ministério Público, decidiu suspender preventivamente Eduardo Mancanha das funções.

Ao mesmo tempo, adianta-se ainda no comunicado, o mesmo órgão mandou instaurar um processo disciplinar ao magistrado e indicou o procurador-geral adjunto, Quintino Inbequi, para conduzir os inquéritos.

No comunicado da Procuradoria guineense realça-se que, segundo as informações recebidas de forma oficiosa, Eduardo Mancanha foi detido no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, quando se preparava para viajar para Bissau, no domingo.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados