Itália
97'
2 - 1
Albânia

Alcaide de Cartaya acusa Sérgio Conceição de quatro crimes

2 abr, 15:11
FC Porto-Benfica (Lusa)

Anúncio foi feito pelo autarca espanhol em conferência de imprensa. Advogado do técnico do FC Porto já respondeu

O alcaide de Cartaya, em Espanha, vai apresentar queixa na justiça espanhola contra Sérgio Conceição, por alegados crimes como lesões, atentado contra a autoridade, ameaças e alteração da ordem pública.

Em conferência de imprensa, Manuel Barroso recriminou a atitude do treinador do FC Porto e do filho Moisés, que entraram no relvado do estádio local após um encontro entre equipas infantis do FC Porto e Sevilha, e tocaram na cara do árbitro.

Entretanto, o advogado de Sérgio Conceição disse à Lusa que «as agressões contra Moisés Conceição, as graves e falsas acusações contra o Sérgio Conceição, não podem passar impunes», pelo que «serão continuadas todas diligências judiciais já em curso» interpostas pelo treinador contra o representante municipal espanhol.

Na conferência de imprensa, Manuel Barroso classificou a atitude de Sérgio Conceição e do filho de «agressiva» e disse que a situação escalou já dentro do túnel de acesso aos balneários, onde foi necessária a intervenção e um reforço policial para apaziguar os ânimos.

O autarca espanhol contou que, do outro lado, houve sempre «uma atitude agressiva» e, depois de Conceição tocar na cara ao árbitro, tentou retirar Sérgio Conceição e o filho do campo para evitar que as agressões pudessem ir a mais, tendo a ação passado para o túnel, onde «aconteceu algo que não deveria ter acontecido» e foram cometidos vários delitos, considerou.

Relacionados

Patrocinados