Rúben Dias: «Sabemos que temos condições para fazer algo especial»

Vítor Maia , Enviado especial ao Euro 2024, em Leipzig
17 jun, 16:57

Defesa-central português destaca a qualidade da Seleção, mas lembra que é preciso «capacidade para lidar com as dificuldades»

Rúben Dias acredita que a seleção portuguesa é uma das candidatas à conquista do Euro 2024. Na antevisão ao jogo de estreia com a Chéquia, o defesa-central do Manchester City salientou a valia do plantel luso, mas alertou que vai ser necessário lidar com dificuldades no decorrer da competição.

«Não gosto de me fixar em favoritismos, no final de contas sabemos da qualidade que temos e sabemos das condições que temos para fazer algo especial. Mas também depende sempre muito da capacidade que temos para nos juntar em cada momento, refiro-me aos estágios de setembro, novembro, março… Cada novo estágio exige a capacidade de, após clubes, com mentalidades completamente diferente nos clubes, cada estágio é quase tudo novo, não tudo devido à noção que temos do contexto para onde vamos. Mas é um momento em que temos novamente de nos juntar. Sempre achei interessante a capacidade que temos de, estágio após estágio, nos ligar outra vez e este, mais que nunca, vai ser o resultado da capacidade que temos de, após uma época inteira, continuar com mente fresca, com energia e capacidade de lidar com as dificuldades e continuar a crescer durante a competição», disse, em conferência de imprensa, em Leipzig.

O jogador de 27 anos recordou ainda a recente derrota com a Croácia. «É um momento muito importante para observar, refletir e abordar diversos temos em que temos de melhorar. Se me pergunta quando preferia que esse momento tivesse acontecido, era exatamente ali. Sinto que, em certa parte, devido ao que aconteceu nesse jogo, estamos muito mais prontos.»

A goleada de Portugal em Praga, diante da Chéquia em 2022, numa partida da Liga das Nações, foi recordada na conferência. Rúben Dias admitiu que esse resultado «é um fator de confiança» e que é «importante» ter esse jogo presente.

«Temos esse jogo presente, mas devemos ter consciência de que passou algum tempo e que as circunstâncias são outras. Mais do que o resultado, devemos ter presentes a abordagem e as sensações. Amanhã [terça-feira] vamos jogar contra uma equipa diferente, mas não tão diferente assim porque mutos jogadores continuam lá. É um fator de confiança», referiu.

Portugal defronta a Chéquia, às 20h00 desta terça-feira, em Leipzig, no último jogo da primeira jornada da fase de grupos deste Campeonato da Europa.

Relacionados

Euro 2024

Mais Euro 2024

Patrocinados