Euro 2024: polícia alemã dispara para travar suspeito com picareta em fanzone

16 jun, 12:55
Polícia fechou fazone nos arredores de Hamburgo (Steven Hutchings/dpa via AP)

Novo caso de violência, agora junto ao bairro de St. Pauli, em Hamburgo

Mais um episódio de violência na Alemanha, em pleno Euro 2024. Depois de um agressor munido com uma faca ter sido morto pela polícia no sábado, em Wolmirstedt, agora a polícia alemã voltou a disparar em Reeperbahn, nos arredores de Hamburgo, para travar um suspeito que ameaçava os adeptos com uma picareta e um cocktail Molotov.

A operação policial decorreu junto a uma fanzone junto ao famoso bairro de St. Pauli onde se concentravam milhares de adeptos dos Países Baixos que, este domingo, estreia-se no Euro 2024, num embate frente à Polónia.

Segundo conta o Bild, a intervenção da polícia foi rápida, mas teve de recorrer a extrema violência para travar o suspeito. O jornal alemão conta que, numa primeira fase, a polícia tentou travar o agressor com recurso a gás pimenta e ainda disparou um tiro de advertência, mas face à persistência do suspeito, teve mesmo de disparar até o agressor cair no chão inanimado. 

Até ao momento, a polícia, em comunicado, diz apenas que o agressor recebeu assistência médica e revela que, além da picareta, também levava uma mochila com um dispositivo incendiário (tratar-se-ia de um cocktail Molotov, segundo o Bild) que, ao que tudo indica, pretendia utilizar na fanzone que, entretanto, foi fechada.

«Atualmente há uma grande operação policial em St. Pauli. De acordo com o apuramento inicial, uma pessoa ameaçou os polícias com uma picareta e um dispositivo incendiário. Os serviços de emergência fizeram, então, uso de suas armas de fogo. O agressor ficou ferido e atualmente está a receber tratamento médico», refere a polícia, sem adiantar, por agora, idade ou nacionalidade do suspeito.

No local do incidente prossegue uma operação policial de grande envergadura, até porque a polícia procura que os adeptos neerlandeses, deslocados, não se cruzem agora com os polacos.

Relacionados

Patrocinados