Polícia mata estudante em escola nos EUA após informação sobre pessoa armada

Agência Lusa , AM
2 mai, 06:01
Tiroteio nos Estados Unidos da América

Atirador que nunca chegou a entrar no edifício "foi neutralizado" no exterior da escola

Um aluno foi morto pela polícia no exterior de uma escola secundária do Wisconsin, norte dos Estados Unidos, depois de as autoridades terem recebido uma denúncia sobre uma pessoa armada, disse o procurador-geral do estado.

As declarações de Josh Kaul foram feitas na quarta-feira à noite, numa reunião das autoridades sobre os disparos que levaram crianças a fugir da escola secundária de Mount Horeb e provocaram um encerramento de horas das escolas locais, de acordo com a agência de notícias Associated Press.

Um atirador que nunca chegou a entrar no edifício "foi neutralizado" no exterior da escola, indicaram as autoridades.

"Este incidente teve lugar no exterior [da escola]. O indivíduo neste caso nunca conseguiu entrar", referiu Kaul, indicando que não há feridos.

As autoridades presentes na reunião descreveram o estudante sendo um jovem do sexo masculino, não fornecendo idade ou outra informação sobre a escola que frequentava.

Kaul escusou-se, no entanto, a responder a perguntas sobre o que sucedeu, na sequência da resposta policial, incluindo se o estudante disparou uma arma, que tipo de arma levava e se forçou a entrada na instituição escolar.

As autoridades disseram que vários agentes de Mount Horeb, que usavam câmaras corporais, dispararam armas, sem especificar quantos.

A polícia permaneceu no local horas depois do incidente e os alunos foram mantidos fechados em edifícios até ao final da tarde, antes de serem libertados para se reunirem com os familiares.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados