Erdogan manifesta otimismo sobre recomeço das negociações de adesão da Turquia à UE

Agência Lusa , MJC
13 jul 2023, 16:35
Recep Tayyip Erdogan. EPA

Ancara também espera que os aliados europeus deem passos concretos sobre as suas promessas relacionadas com o fim da atividade de “grupos terroristas” e a extradição de alegados terroristas

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, manifestou esta quinta-feira otimismo sobre o reinício das negociações de adesão da Turquia à União Europeia (UE), suspensas desde 2018.

Em declaração aos ‘media’ turcos no seu avião e quando regressava ao país após o final da cimeira da NATO em Vilnius, o líder islamista conservador disse existir “uma opinião positiva sobre a revitalização do processo de adesão à UE”.

“Também aceleraremos as negociações sobre a atualização da união aduaneira, que terá um efeito multiplicador na economia turca. Creio que também avançaremos na liberalização dos vistos”, assegurou Erdogan, que relacionou as negociações com a UE com a decisão de levantar o veto sobre a adesão da Suécia à NATO.

Erdogan também sublinhou que Ancara espera que os aliados europeus deem passos concretos sobre as suas promessas relacionadas com o fim da atividade de “grupos terroristas” e a extradição de alegados terroristas.

“A partir de agora tomaremos medidas em função da realização das promessas feitas”, advertiu o Presidente turco, que atribuiu aos países da UE a responsabilidade pelas deterioradas relações com a Turquia, e pelo facto de não terem cumprido as promessas do passado.

A Turquia iniciou em 2005 as conversações oficiais sobre a adesão à UE, caracterizadas por sucessivos impasses entre as duas partes.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados