Portugal
Finalizado
2 - 1
Chéquia

Fernando Santos revela conversa com Eder antes do golo na final do Euro2016

22 mai, 22:56
Fernando Santos apresentado como o novo treinador do Besiktas (ERDEM SAHIN/EPA)

Antigo selecionador nacional antecipou ainda a participação de Portugal no próximo Campeonato da Europa

Fernando Santos considera que Portugal está entre o lote das favoritas à conquista do Euro 2024 e confessou «fazer muita força para que haja repetição» do triunfo em França sob comando de Roberto Martínez, de quem se diz «amigo».

«Sempre disse, como dizia também ontem (terça-feira) e bem o nosso selecionador, Roberto Martínez, de quem eu sou amigo pessoal, Portugal é um dos candidatos. Se esta equipa é melhor ou não do que a de 2016, já não falo. Mas Portugal tem sempre condições e já tinha antes de eu chegar. A única diferença é que agora pode repetir, dantes não podia, porque nunca tinha vencido. É diferente», reforçou, numa cerimónia que contou também com a presença de José Fonte e do ex-guardião Eduardo.

O antigo selecionador nacional lembrou que outras seleções têm ambições legítimas de vencer a prova.

«Apostaria em Portugal, naturalmente. Até porque esse é meu desejo. Portugal tem boas condições para lá chegar, mas sempre teve, porque sempre teve grandes jogadores e grandes treinadores, mas, quando vais para uma competição destas, estão muitas outras equipas com grandes treinadores e grandes jogadores e que também querem ganhar, mas só vai ganhar um», acautelou.

Recordando a campanha de 2016, Fernando Santos foi convidado a escolher o momento que mais o marcou, com o antigo selecionador português a identificar o golo de Eder na final, frente à França, sem qualquer hesitação.

«Eu estava a dizer ao Eder que precisava que ele ficasse na frente, a segurar a bola para a equipa poder subir, porque estava muito recuada e não conseguia sair. Estava a explicar-lhe e ele disse-me: 'Não se preocupe, que eu vou o marcar o golo'. E eu disse-lhe: 'Olha, então vai'. E ele chegou lá e marcou. O único que tinha sonhado mesmo era ele», contou sobre o avançado, no qual diz ter mantido sempre toda a confiança, independente da opinião dos adeptos.

Fernando Santos explicou ainda a estratégia de comunicação utilizada depois do 3-3 contra a Hungria na fase de grupos do Euro 2016, a constatação de que apenas voltaria para Portugal depois da final, revelou-se importante para restabelecer a confiança dos jogadores.

«Desde que cheguei à seleção, desde o primeiro estágio, estávamos ali para ser campeões da Europa. Eu sempre acreditei e foi muito importante. Fomos para o Europeu e a equipa estava convencida, acreditava que era possível. Até que começa a haver algum ruído de fora, esta questão de que a equipa só empata, e isso começa a ser percebido. Portanto, achei que era muito importante reafirmar que estávamos ali para ganhar. Muito para fora, mas principalmente para dentro do grupo», assumiu.

Na fase final do Euro2024, Portugal está inserido no Grupo F, no qual defrontará Chéquia, Turquia e Geórgia.

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Patrocinados