Esta sanita com 'autoclismo' tem 2.400 anos e pode ser a mais antiga de sempre

CNN , Tara Subramaniam
25 fev, 19:00
A peça desenterrada é composta por uma sanita e um sistema de esgoto e foi encontrada durante umas escavações na China. Xinhua/Shutterstock

Arqueólogos na China encontraram os restos do que pode ser a sanita com autoclismo mais antiga do mundo.

Partes quebradas da sanita com 2.400 anos, bem como um tubo de descarga dobrado, foram desenterradas no verão passado por uma equipa de investigação entre as ruínas de um antigo palácio no local arqueológico de Yueyang, na cidade central de Xi'an, de acordo com a imprensa estatal chinesa.

Os detalhes da descoberta foram divulgados na semana passada, despertando um interesse generalizado na China e oferecendo uma visão rara do mundo privilegiado e comparativamente avançado da antiga elite governante do país.

Descrito pelos investigadores como um "objeto de luxo", acredita-se que a casa de banho estava localizada dentro do palácio, com um cano que conduzia a uma fossa ao ar livre, de acordo com o China Daily.

Liu Rui, investigador do Instituto de Arqueologia da Academia Chinesa de Ciências Sociais, que fazia parte da equipa de escavação, disse à imprensa estatal que a sanita teria provavelmente sido reservada para altos funcionários durante o período dos Reinos Combatentes (475-221 a.C.) e a mais recente Dinastia Han (206 a.C.-d.C. 220). Segundo ainda o especialista, os funcionários deitariam água na sanita sempre que esta fosse utilizada.

"O autoclismo é a prova concreta da importância que os antigos chineses atribuíam ao saneamento", defendeu Liu, acrescentando que existem muito poucos registos de sanitários interiores nos tempos antigos.

O acesso a sanitas limpas e com autoclismo continua a ser um problema em algumas partes da China moderna. No início do seu mandato, o líder chinês Xi Jinping prometeu "revolucionar" os sanitários do país, como parte dos esforços para melhorar a higiene rural.

"A questão dos sanitários não é pequena, é um aspeto importante da construção de cidades e zonas rurais civilizadas", disse Xi num artigo no People's Daily em 2018. "Este trabalho deve ser promovido como uma tarefa específica de revitalização rural e tais lacunas que afetam a qualidade de vida das pessoas devem ser preenchidas com grandes esforços."

Antes da recém anunciada descoberta, a invenção do primeiro autoclismo foi amplamente atribuída ao cortesão inglês John Harington, que supostamente instalou um para a Rainha Isabel no século XVI, embora tenham sido encontrados no noroeste da Índia sistemas de drenagem com 4.000 anos que possam ter sido ligados a sanitas.

As ruínas de Yueyang, a antiga capital do Estado de Qin e mais tarde a primeira capital da Dinastia Han, foram descobertas nos anos 80. A descoberta faz parte de um esforço mais amplo para compreender as antigas dinastias chinesas, incluindo como as pessoas viviam e como as suas cidades eram construídas, disse o instituto em comunicado.

Os arqueólogos estão agora a analisar amostras de solo recolhidas na casa de banho, na esperança de descobrir o que as pessoas comiam naquela época.

 

Relacionados

Estilo de Vida

Mais Estilo de Vida

Na SELFIE

Mais Lidas

Patrocinados