Pedro Nuno Santos diz que Montenegro "mostrou que não tem capacidade de liderança para resolver impasses" e que foi o PS que apresentou "uma solução"

27 mar, 19:10

Pedro Nuno Santos garante que as últimas 24 horas são reflexo da incapacidade da direita de resolver impasses e que sem a sugestão socialista a votação para a presidência da Assembleia da República se manteriam ad aeternum

Passadas mais de 24 horas, surgiu a primeira reação do PS sobre o impasse na Assembleia da República. Detalhadamente, o secretário-geral socialista, Pedro Nuno Santos, explicou tudo o que se passou nos bastidores do Parlamento.

De modo sintético, Pedro Nuno explica que o impasse começou numa ideia de uma direita em acordo e só terminou graças a uma solução socialista: “Nós e julgo que grande parte do país partimos do pressuposto que havia um entendimento à direita. A direita não conseguiu aprovar o nome que o PSD apresentou. O PS apresenta o seu candidato para tentar resolver o impasse. O impasse mantém-se e, obviamente, nós não podíamos fazer perdurar um impasse parlamentar, um impasse institucional e, por iniciativa do PS, foi apresentada para resolver o impasse.”

Perante o sucedido, Pedro Nuno Santos afirmou que teve "uma reunião com o líder da AD", que Luís Montenegro "não apresentou solução nenhuma para resolver o impasse" e que foi o PS a sugerir a opção da presidência partilhada.

“Da mesma forma que tive a oportunidade de dizer que nunca permitiríamos um impasse constitucional aprovando moções de rejeição, também não iríamos conviver com um impasse parlamentar e, por isso, o PS como partido responsável que quer preservar as instituições democráticas no nosso país fez uma proposta que nos permitisse resolver e seguir com os trabalhos parlamentares e políticos para nos concentrarmos verdadeiramente nos problemas do país”, descreveu Pedro Nuno Santos.

Com tudo isto, o secretário-geral do PS constata que “aquilo que a AD mostrou é que não tem uma solução parlamentar estável nem tem uma solução de Governo estável" e que "o líder da AD mostrou que não tem capacidade de iniciativa e de liderança para resolver impasses como o das últimas 24 horas".

Relacionados

Partidos

Mais Partidos

Mais Lidas

Patrocinados