Número de pandas gigantes em estado selvagem na China sobe para cerca de 1.900

Agência Lusa , DCT
25 jan, 11:51
Pandas

A reserva abrange o território das províncias de Sichuan, Shaanxi e Gansu, no centro-oeste da China.

A população de ursos panda gigantes que vivem em estado selvagem na China ronda atualmente os 1.900 exemplares, um aumento "significativo" desde a década de 1980, quando eram cerca de 1.100, anunciaram esta quinta-feira as autoridades do país.

O aumento deve-se em grande parte aos "esforços intensivos de proteção" desta espécie no país, disse Zhang Yue, vice-diretor do Departamento de Conservação da Vida Selvagem da Administração Nacional das Florestas, citado pela agência noticiosa oficial Xinhua.

Com base no novo censo, a União Internacional para a Conservação da Natureza atualizou o estatuto do panda gigante de "em perigo" para "vulnerável".

O Parque Nacional do Panda Gigante começou a funcionar em outubro de 2021 e estende-se por quase 22.000 quilómetros quadrados, proporcionando um habitat protegido para 72% dos animais de vida livre da China, disse Zhang.

A reserva abrange o território das províncias de Sichuan, Shaanxi e Gansu, no centro-oeste da China.

De acordo com dados da Administração das Florestas, as áreas protegidas relacionadas com os pandas gigantes aumentaram de 1,39 milhões de hectares para 2,58 milhões de hectares desde 2012, o que teve um impacto no desenvolvimento sustentável da população de pandas gigantes.

Para além dos pandas em liberdade, os 728 pandas que vivem em cativeiro também aumentaram em número, tendo sido registados 46 nascimentos no ano passado.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados