Já há decisão final no caso Johnny Depp-Amber Heard. É conhecida às 20:00

1 jun, 18:54
Johnny Depp

Após duras semanas de audiências e trocas de acusações, eis que os sete jurados chegaram a uma conclusão unânime, num dos julgamentos mais mediáticos dos últimos tempos.

O júri já chegou a um veredito no caso que confronta Johnny Depp e Amber Heard. Após longas horas de deliberação, a decisão será conhecida às 15:00 locais, mais cinco em Lisboa. Em causa está o crime de difamação, com acusações dirigidas tanto ao ator como à ex-mulher. A juíza Penney Azcarate deu tempo às equipas legais das duas partes para se dirigir ao tribunal. Há relatos, na imprensa norte-americana, de que Depp não deverá marcará presença neste momento.

O veredito será transmitido pela juíza Penney Azcarate. A decisão – que tinha de ser unânime - foi tomada por sete jurados, que acompanharam as últimas semanas de julgamento, marcadas por duras acusações de parte a parte, com revelações chocantes sobre a vida privada do ex-casal. Desde sexta-feira que estes jurados se encontravam a ponderar a decisão.

Na origem desta disputa judicial está um artigo assinado por Amber Heard, onde confessava ser "sobrevivente" de situações de abuso e violência doméstica. Apesar de não fazer referência a Johnny Depp, o ator decidiu avançar para tribunal, considerando que estava a ser difamado e exigindo uma indemnização de 50 milhões de euros. Heard contestou, exigindo o dobro.

Já com o caso na Justiça, o protagonista da saga “Os Piratas das Caraíbas” viria a argumentar que era Heard quem espoletava as situações de violência. Contudo, a atriz sempre insistiu que nunca bateu no ex-marido, tendo-se apenas defendido das suas investidas.

Os procedimentos judiciais foram transmitidos através da televisão, numa decisão algo rara no estado da Virgínia. No interior, ambas as equipas legais apresentaram provas em áudio, texto e vídeo e chamaram várias testemunhas, entre as quais Kate Moss. No exterior, formaram-se filas para ocupar uma das cadeiras na sala de audiências e multidões a ecoar mensagens de apoio a Depp.

Uma das acusações mais graves remonta a 2015. Heard alegou que Depp abusou sexualmente dela com uma garrafa. Já o ator revelou que perdeu parte de um dedo da mão direita após a ex-mulher lhe ter atirado uma garrafa de vodka, o que obrigou a parar as gravações de um dos filmes de “Piratas das Caraíbas”.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados