Kate Moss chamada a depor no caso Depp vs Heard: "Ele nunca me empurrou, pontapeou ou atirou de escadas"

25 mai, 15:00

Modelo britânica, que não era para testemunhar, acabou por ser chamada a depor depois de Amber Heard a mencionar no seu depoimento. Moss era a testemunha mais aguardada do julgamento

A modelo Kate Moss, que namorou com Johnny Depp entre 1994 e 1998, foi a primeira a testemunhar esta quarta-feira no julgamento que opõe o ator à ex-mulher num caso de difamação. Através de videochamada, a britânica recordou o momento que Amber Heard trouxe a tribunal: o de que Johnny Depp teria empurrado Kate Moss numas escadas num resort na Jamaica.

Moss, cujo testemunho não durou mais do que cinco minutos, começou por recordar que o então namorado saiu do quarto primeiro do que ela e que, como nesse dia tinha chovido, ao descer as escadas, escorregou e bateu com as costas nos degraus.

"Estávamos a sair do quarto e o Johnny saiu primeiro do que eu. Tinha havido uma tempestade e, assim que deixei o quarto, escorreguei nas escadas e magoei-me nas costas. Gritei porque não sabia o que tinha acontecido e porque estava com dores. Ele veio a correr para me ajudar, levou-me ao colo para o quarto e procurou ajuda médica", recordou a modelo.

Querendo clarificar o rumor que Amber Heard disse ter ouvido - de que teria sido Johnny Depp a empurrar Kate Moss pelas escadas e que foi por isso que o agrediu numa discussão que teve com o então marido nas escadas -, o advogado do ator clarificou a pergunta.

"O senhor Depp alguma vez a empurrou de alguma maneira das escadas?", perguntou.

"Não", garantiu Kate Moss, sublinhando: "Ele nunca me empurrou, pontapeou ou atirou de nenhumas escadas."

Kate Moss testemunha em tribunal por videochamada (EPA)

O depoimento de Kate Moss foi dado por terminado, com a defesa de Amber Heard a dispensar fazer perguntas à modelo.

O caso começou a ser julgado a 11 de abril e as alegações finais marcadas para a próxima sexta-feira. Ao longo de quatro dias, Johnny Depp prestou depoimento, sendo confrontado com mensagens, vídeos e áudios das discussões entre o casal. Também Amber Heard foi ouvida ao longo de quatro dias.

Neste processo de difamação, Depp exige 46 milhões de euros à ex-mulher, tendo a atriz avançado com acusação semelhante, mas exigindo 93 milhões.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados