Premier League ao rubro (e como o título pode ser decidido num jogo de desempate)

8 abr, 18:56
Arsenal-Liverpool

Arsenal é líder com 71 pontos, os mesmos do Liverpool. Manchester City tem 70. Faltam sete jornadas... e ainda que improvável, há hipótese de o título poder ser decidido num jogo em campo neutro

A edição 2023/24 da Premier League está ao rubro na corrida ao título, com três sérios candidatos à conquista do troféu. Com sete jogos por disputar para o trio da frente, o Arsenal é líder com 71 pontos, os mesmos do Liverpool (2.º) e com o atual detentor do título, o Manchester City a somar 70 pontos, menos um do que «gunners» e «reds».

A equipa treinada por Mikel Arteta tornou-se, no domingo, a mais bem posicionada para voltar a dar um título da Premier League ao Arsenal, 20 anos depois do último campeonato, em 2004. Após a vitória por 3-0 na visita ao Brighton, no sábado (o mesmo dia em que o Man. City bateu o Crystal Palace por 4-2), o Liverpool empatou no domingo, na visita ao Manchester United (2-2), permitindo aos londrinos voltar ao comando da classificação, fruto da melhor diferença de golos, o primeiro critério de desempate em caso de igualdade pontual (51 positivos, para 42 do Liverpool). O City, com menos um ponto, tem um saldo positivo de 40 golos.

Com uma reta final de época exigente, qualquer escorregadela pode ser fatal. E o calendário é apertado, tendo em conta que Arsenal e Manchester City ainda estão na Liga dos Campeões e o Liverpool na Liga Europa, todos nos quartos de final. O City está ainda na Taça de Inglaterra, nas meias-finais.

E tamanho equilíbrio pode até levar a que as três equipas possam terminar a Premier League com os mesmos pontos, o que obrigaria a recorrer aos critérios de desempate para apurar o campeão. Algo que não seria inédito, mas que em 2023/24 pode tomar outras proporções. E num dos hipotéticos cenários de igualdade, a Premier League pode vir a ser decidida de forma inédita… num jogo de desempate em campo neutro.

Arsenal em vantagem (e o play-off possível, entre City e Liverpool)

Lembrando que na Premier League estes são os quatro critérios de desempate em caso de igualdade pontual - diferença de golos total (1.º), número de golos marcados na prova (2.º), pontos nos jogos nos confrontos diretos (3.º) e golos fora nos confrontos diretos (4.º) - o Arsenal, além de ser líder, tem uma série de fatores a seu favor nesta altura. Além da melhor diferença de golos, tem vantagem no confronto direto quer com Liverpool, quer com Manchester City (venceu a ambos em casa e empatou fora).

Mas se Liverpool e Manchester City ultrapassarem pontualmente o Arsenal até ao fim do campeonato e ambos terminarem com os mesmos pontos, a mesma diferença de golos e o mesmo número de golos marcados na Premier League, só um jogo de desempate poderá definir o campeão! Isto porque, nos dois jogos entre si, Liverpool e Man. City empataram ambos 1-1, em Anfield e no Etihad.

E, olhando ao registo de golos de ambos nesta altura, é improvável, mas não impossível que os saldos se igualem. O Liverpool tem 72-30 entre golos marcados e sofridos e o Man. City só tem menos um marcado e mais um sofrido: 71-31.

O que falta jogar ao Arsenal:
33.ª Jornada (14 abril): Aston Villa, casa
34.ª Jornada (20 abril): Wovlerhampton, fora
29.ª Jornada (23 abril): Chelsea, casa
35.ª Jornada (28 abril): Tottenham, fora
36.ª Jornada (4 maio): Bournemouth, casa
37.ª Jornada (11 maio): Man. United, fora
38.ª Jornada (19 maio): Everton, casa

O que falta jogar ao Liverpool:
33.ª (14 abril): Crystal Palace, casa
34.ª (21 abril): Fulham, fora
29.ª (24 abril): Everton, fora
35.ª (27 abril): West Ham, fora
36.ª (5 maio): Tottenham, casa
37.ª (11 maio): Aston Villa, fora
38.ª (19 maio): Wolverhampton, casa

O que falta jogar ao Man. City:
33.ª (13 abril): Luton Town, casa
34.ª (ainda sem data): Tottenham, fora
29.ª (25 abril): Brighton, fora
35.ª (28 abril): Nottingham, fora
36.ª (4 maio): Wolverhampton, casa
37.ª (11 maio): Fulham, fora
38.ª (19 maio): West Ham, casa

Relacionados

Patrocinados