Portugal
52'
0 - 0
Chéquia

VÍDEO: tensão marca primeiro diálogo entre Eto'o e o novo técnico dos Camarões

28 mai, 16:47
Samuel Eto'o Camarões (Foto: Steve Luciano/AP)

Presidente da Federação dos Camarões e o selecionador tinham uma reunião marcada, mas acabou por não acontecer após a intervenção de um conselheiro do Ministro do Desporto

Samuel Eto'o e Marc Brys encontraram-se pela primeira vez, esta terça-feira, desde a nomeação do novo selecionador dos Camarões.

Todo este processo tem estado envolvido numa enorme polémica, já que o presidente da Federação Camaronesa de Futebol (Eto'o) não teve qualquer influência na escolha do técnico (Marc Brys). 

«O Comité de Emergência salienta que a Federação Camaronesa de Futebol (FECAFOOT) não esteve envolvida no processo de escolha que culminou com a nomeação de toda a estrutura da seleção principal dos Camarões», pode ler-se num comunicado feito a 6 de abril.

Ora, esta terça-feira,um novo comunicado feito pela FECAFOOT refere que os dois tinham uma reunião agendada, de modo a preparar os jogos frente a Cabo Verde e Angola (marcados para 8 e 11 de junho). No entanto, o «comportamento inaceitável» de um conselheiro do Ministro do Desporto e Educação Física do país impediu que tudo corresse dentro da normalidade.

«O presidente da FECAFOOT informou o Sr. Tollo (conselheiro) de que não tinha sido convidado para a reunião e o Sr. Tollo pediu ao selecionador que abandonasse a sala de conferências. Mesmo depois de ter sido informado das consequências dos atos, Marc Brys proferiu uma série de insultos a Samuel Eto'o, informando-o de que é o treinador e tem a última palavra», escreve a Federação.

Seguiu-se uma troca de palavras mais acesa entre Eto'o e Marc Brys, sendo que o antigo internacional camaronês apontou diversos erros cometidos pelo selecionador desde que assumiu o cargo (recusou-se, segundo o próprio, a comparecer no centro de estágios e a organizar sessões de treino para os jogadores).

Recorde-se que Marc Brys chegou a ser suspenso pela própria Federação após o governo tê-lo nomeado para o cargo de selecionador nacional, o que, no entender da Fecafoot, viola os regulamentos. Toda esta situação reforça que as partes estão de costas voltadas e sem solução à vista.

Veja o momento de tensão entre Eto'o e Marc Brys:

Os comunicados feitos pela FECAFOOT:

 

Patrocinados