Homem ferido com gravidade após incêndio em casa. PJ investiga ligação a queixa por violência doméstica

Agência Lusa , ARC
5 jul, 13:21
Homem alcoolizado agride polícias no posto da GNR. Um militar ficou sem parte do nariz

Mulher, que apresentou queixa na GNR de Beja, e filha da vítima não passaram a noite na habitação

Um homem de 75 anos ficou ferido com gravidade na sequência de um incêndio que deflagrou esta quarta-feira na sua habitação, situada numa freguesia rural do concelho de Beja, revelaram fontes da Proteção Civil e da GNR.

A fonte do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Baixo Alentejo indicou à agência Lusa que o fogo, para o qual foi dado o alerta às 09:20, atingiu uma casa situada na freguesia de Nossa Senhora das Neves.

O homem ferido foi transportado pelos bombeiros para as urgências do hospital de Beja, adiantou a mesma fonte, que não soube precisar que tipo de ferimentos sofreu a vítima.

Contactada pela Lusa, uma fonte do Comando Territorial de Beja da GNR referiu que as autoridades estão a investigar se existe ligação entre o incêndio e uma queixa por violência doméstica contra o homem apresentada na guarda pela mulher.

A mesma fonte disse que a mulher e a filha do homem não passaram a última noite na casa, limitando-se a adiantar que o caso passou para a alçada da Polícia Judiciária.

As fontes do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Baixo Alentejo e da GNR de Beja realçaram que a habitação ficou sem condições de habitabilidade e que os três ficaram desalojados.

De acordo com a fonte da Proteção Civil, um bombeiro da corporação de Beja que combatia o incêndio também foi transportado para o hospital com ferimentos ligeiros.

O combate às chamas mobilizou os Bombeiros de Beja e a GNR, com um total de 14 operacionais, apoiados por seis veículos.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados