Euro 2024: UEFA e Europol apresentam dispositivo de segurança

13 mai, 12:50
Euro 2024: Estádio Olímpico de Berlim (AP Photo/Michael Sohn)

Cerca de 300 inspetores viajam para a Alemanha em meados de junho

Numa altura em que persistem os conflitos militares na Ucrânia e na Faixa de Gaza, a Alemanha garante estar preparada para lidar com eventuais ameaças de segurança durante o Europeu deste verão.

«Desde o início, a segurança foi a nossa principal prioridade», esclareceu Philipp Lahm, antigo internacional alemão e diretor da organização do torneio.

São esperados cerca de 2,7 milhões de espetadores nos 51 jogos, em 10 estádios. Além disso, há que salvaguardar a tranquilidade das 24 comitivas.

Por isso, a Alemanha inaugurará um Centro Internacional de Cooperação Policial (IPCC), em Neuss, com todos os países em prova a enviarem peritos, num total de cerca de 300. As operações serão delineadas em conjunto com as autoridades alemãs, Europol e UEFA.

A «base», contará com uma enorme sala de conferências de 500 metros quadrados, equipada com 129 computadores.

«Cada país conhece melhor do que ninguém quem pode criar problemas, com os especialistas estrangeiros presentes em Neuss a poderem identificá-los mais rapidamente. A Ucrânia será objeto de medidas especiais de proteção», explicou Oliver Strudthoff, diretor do IPCC.

Em redor dos estádios serão colocados entre 800 e 1300 polícias, e para proteger as áreas circundantes serão criados três perímetros de segurança: um onde os veículos serão controlados, uma segunda zona mais restrita para os adeptos a pé e uma terceira onde os espetadores terão de digitalizar os seus bilhetes.

O Europeu decorre entre 14 de junho e 14 de julho.

Relacionados

Euro 2024

Mais Euro 2024

Mais Lidas

Patrocinados