Prisão preventiva para suspeito de ameaçar e injuriar avós em Vieira do Minho

Agência Lusa , BC
19 set, 15:33
GNR controla entradas e saídas em Ovar

As vítimas têm 77 e 81 anos. Homem de 33 anos chegou a ameaçar avós na presença dos militares da GNR

O Tribunal de Vila Verde aplicou prisão preventiva a um homem de 33 anos que ameaçava e injuriava os avós no concelho de Vieira do Minho, anunciou esta segunda-feira a GNR.

Em comunicado, a GNR refere que o suspeito está indiciado pelo crime de violência doméstica.

As vítimas têm 77 e 81 anos.

“No decorrer das diligências policias, o agressor adotou um comportamento agressivo, injuriando e ameaçando de morte as vítimas na presença dos militares da Guarda”, refere o comunicado.

O agressor foi detido, tendo ainda a GNR apreendido uma arma de fogo como medida cautelar.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial de Vila Verde, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados