Ana Jorge quis impugnar a sua exoneração da liderança da Santa Casa

3 mai, 07:27
Ana Jorge

REVISTA DE IMPRENSA || Governo deu a opção à provedora de se demitir, mas Ana Jorge recusou liminarmente

Ana Jorge quis impugnar a sua exoneração da liderança da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e processar o primeiro-ministro e a ministra do Trabalho e da Segurança Social por calúnia e difamação.

De acordo com o jornal Nascer do Sol, a provedora fez essa proposta à restante mesa da instituição, na terça-feira, já depois de a decisão do Governo lhe ter sido comunicada, mas os membros recusaram a estratégia de Ana Jorge.

O jornal conta ainda que o Governo deu a opção à provedora de se demitir, mas Ana Jorge recusou liminarmente.

A provedora agora exonerada vai ser ouvida na Comissão Parlamentar de Trabalho e Segurança Social, depois de os pedidos do PS, Iniciativa Liberal e Chega terem sido ontem aprovados.  

Governo

Mais Governo

Patrocinados