Jogadores do Casa Pia desentendem-se: «Regras são para cumprir»

11 dez 2022, 18:39
Vasco Fernandes e Clayton

Técnico Filipe Martins diz que «Clayton quis passar por cima de uma regra fundamental» na equipa

Clayton e  Vasco Fernandes protagonizaram um episódio inusitado na reta final do duelo entre o Casa Pia e o Trofense (1-0), para a Taça da Liga. Os dois jogadores desentenderam-se, chegaram a encostar cabeças e viram o cartão amarelo na sequência desse incidente. 

O avançado queria converter um castigo máximo, quando o marcador definido era Lelo. Como capitão de equipa, Vasco Fernandes confrontou Clayton.

«Há alturas em que temos de atuar. Tivemos uma conversa de família. Os problemas tratam-se sempre dentro de casa. Já fiz valer o meu ponto de vista e há que seguir em frente. São coisas que acontecem, mas que não deviam ter acontecido. Fica um alerta para o futuro, de que as regras têm de ser para cumprir. Página virada», começou por dizer Filipe Martins.

O técnico criticou a postura de Clayton: «Há uma coisa que é bem clara: as regras estão bem definidas de quem tem de fazer o quê dentro da equipa. O Clayton quis passar por cima de uma regra fundamental neste grupo, queria marcar o penálti quando ele era o segundo batedor e o Lelo estava em campo. O Vasco foi chamá-lo à atenção - e muito bem - como ‘capitão’ de equipa e o Clayton não aceitou da melhor forma. O Clayton prevaricou e foi chamado à atenção pelo treinador».

Relacionados

Patrocinados