Um sumo natural é mais saudável do que comer a fruta sozinha? Triture aqui as suas dúvidas

15 jul, 10:00
Sumos de frutas (Pexels)

Há quem seja esquisito com as mais variadas texturas das frutas. E que, para garantir que não falham na dieta, opte por transformá-las em sumos naturais. É uma boa decisão. Mas se não tem esse problema, talvez queira ler este artigo. É que há uma outra forma de consumir fruta onde o controlo das calorias é mais efetivo: pasme-se, como ela vem da natureza

Ficam bem nas fotografias e todos pensam que ao consumi-los estamos a ingerir fruta e a hidratarmo-nos ao mesmo tempo. Por isso, não há menu saudável que não tenha o sumo natural como opção de complemento.

Mas será que faz bem ao abdicar das peças de fruta em si para consumi-las em sumos ou batidos? Se está convencidíssimo de que sim, de que misturando mais frutas tem mais benefícios e mais variedade nutricional, é melhor ler o que as nutricionistas ouvidas pela CNN Portugal têm para lhe dizer.

“Consumidos com moderação, os sumos naturais ou batidos podem constituir uma boa forma de hidratação, contudo serão sempre bebidas com maior concentração de açúcares, mais calorias e menor fibras. Consumir fruta por si só é mais vantajoso”, assegura Ana Rita Lemos, nutricionista do Hospital Lusíadas Lisboa.

“Os batidos e sumos naturais podem ser uma forma de aumentar o consumo de fruta. No entanto, do ponto de vista nutricional, será sempre mais interessante consumir a fruta em fresco”, confirma Rita Ribeiro, nutricionista da Fisiogaspar.

(Pexels)

Vamos lá fazer contas

É tudo uma questão de fazer contas para perceber o que dizem as nutricionistas. Quantas laranjas precisa para fazer um copo de sumo natural? E, se comesse esta fruta num lanche, quantas peças seriam? Certamente não deu a mesma resposta à duas perguntas.

“Podemos utilizar entre duas a quatro laranjas para obtermos um copo de sumo. Este copo terá, em média, 160 calorias, 38 gramas de açúcar e quase nenhuma fibra. Já se consumirmos uma laranja média teremos apenas 60 calorias, com a grande vantagem de consumirmos mais fibra (três gramas) e menos açúcares provenientes da fruta (12 gramas)”, demonstra Ana Rita Lemos.

Por isso, se o objetivo for a hidratação, pode sempre recorrer a águas aromatizadas com ervas aromáticas, raspas de limão ou laranja, ou canela. Não se esqueça é de depois juntar depois a fruta em si ao longo do dia.

Já Rita Ribeiro lembra que há diferenças mesmo entre os sumos naturais e os batidos. “Será mais interessante um batido, na medida em que, nos permite consumir a totalidade da polpa da fruta, o que garante o consumo da fibra e menor carga glicémica. Quando fazemos um sumo, mesmo que natural, acabamos por não consumir a polpa e, consequentemente, a parte fibrosa, logo teremos uma opção com menos fibra”.

(Pexels)

 

Relacionados

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados