Tanlongo condenado a pagar um milhão por romper acordo com o Racing

19 abr, 23:03
Mateo Tanlongo (FOTO: Sporting)

Sporting chegou a um entendimento com o clube espanhol e o argentino até gravou o vídeo de apresentação, mas roeu a corda e seguiu para Copenhaga

O médio Mateo Tanlongo foi condenado por um tribunal de Santander a pagar um milhão de euros ao Racing, por não ter cumprido um acordo com o emblema espanhol. O jogador argentino chegou a um entendimento com o clube do país vizinho no último verão e só faltava mesmo a assinatura, mas seguiu para o Copenhaga.

O Racing negociou a transferência do jogador com o Sporting, Tanlongo esteve no estádio e chegou mesmo a gravar o vídeo de apresentação com a camisola 22.

Contudo, quando o representante de Tanlongo chegou a Santander para assinar o acordo, existiu uma reunião com o diretor desportivo do Racing. O agente explicou que o médio argentino ia viajar para Copenhaga para cumprir o desejo de jogar na Liga dos Campeões, mas o clube espanhol não desistiu da contratação e avançou com o caso para tribunal.

Segundo a decisão do tribunal, citada pela agência de notícias espanhola EFE, Tanlongo «não foi honesto, correto, legal e fiel» a «nível contratual».

Tanlongo tem agora cinco dias para recorrer desta decisão.

O milhão de euros, refira-se, era o valor estipulado no acordo em caso de quebra do contrato.

Depois de apenas um jogo em meia temporada no Copenhaga, Tanlongo foi cedido ao Rio Ave no último mercado de transferências. Até ao momento, soma nove jogos pelos vilacondenses.

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados