Quem venceu o debate Rio vs Costa? Houve reviravolta na sondagem da CNN

13 jan, 23:31

O vencedor pré-debate foi António Costa, mas depois de assistirem ao debate os portugueses mudaram de opinião. Ainda assim, de acordo com esta sondagem da Pitagórica para a CNN Portugal, o debate conseguiu mudar a intenção de voto em 5,6% dos inquiridos. Para 89,6% dos portugueses, este debate não alterou nada

O vencedor

E ao fim de 75 minutos, Rui Rio venceu o debate. Se, antes do confronto entre os dois principais candidatos a primeiro-ministro nas eleições Legislativas de 30 de janeiro, a expectativa era que António Costa sairia vencedor, a sondagem da Pitagórica para a CNN Portugal após o debate resultou numa reviravolta. Para 42% dos portugueses, foi Rui Rio quem venceu o debate, já 38% consideraram que o vencedor foi António Costa. 20% acham que este duelo político foi um empate.

Tanto Rui Rio como António Costa conseguiram alterar a intenção de votos de apenas 5,6% dos inquiridos, 4,8% ainda não sabem. Para 89,6% dos portugueses este debate não alterou, contudo, o partido que vão assinalar no boletim de voto.

De 0 a 20 valores, como nas avaliações escolares, os portugueses consideraram que este foi um debate mediano, o correspondente a um satisfaz e aqui ambos os candidatos tiveram uma nota semelhante: Rio com 13,8 valores e Costa um pouco mais abaixo, com 13,5 valores – notas muito semelhantes ao pré-debate, com uma variação positiva de 1,6 e 0,5 valores, respetivamente.

O credível

Para 48% dos portugueses, Rui Rio foi o candidato mais credível. Já 41% consideraram que quem venceu a corrida da credibilidade foi António Costa. Ainda assim, 10% acham que houve um empate e 20%, ao fim de 75 minutos, não conseguiram formular uma opinião face ao que os candidatos expuseram.

O arrogante

Nesta sondagem, António Costa foi considerado o mais arrogante para 33% dos inquiridos e para 24% Rui Rio foi o mais snob. No entanto, em matéria de atitude, 42% consideram que ambos foram arrogantes e 20% não conseguiram formular uma opinião, ficaram na dúvida.

O mais bem preparado

Após o debate, a sondagem confirma que o candidato mais bem preparado era António Costa, mas a diferença entre Rui Rio e António Costa pré-debate esbateu-se. Assim sendo, se antes do confronto 61% considerava que o socialista era quem conhecia melhor as matérias governativas, depois do debate apenas 45% o confirmou. Saiu beneficiado Rui Rio, que subiu de 23% para 40% na opinião dos portugueses nesta amostra.

A surpresa

Ao vencer o debate, Rui Rio foi também a surpresa positiva deste confronto televisivo, confirmando a expectativa que havia antes do debate. O social-democrata conquistou mais inquiridos ao passar de 44% para 51%, enquanto o socialista derrapou de 24% para 27% relativamente a esta variável da sondagem. Não admira, por isso, que a surpresa negativa neste duelo político tenha sido António Costa, passando de 36% de opiniões negativas para 37%.

Entre os inquiridos, 68% assistiram ao debate na íntegra, 22% viram a maior parte do debate, 5% apenas viram uma pequena parte e 5% acabaram mesmo por não ver o confronto entre António Costa e Rui Rio.

 

FICHA TÉCNICA

Sondagem realizada pela Pitagórica para a TVI e CNNPortugal, com o objetivo de avaliar a opinião dos Portugueses que disseram ter intenção de ver o debate televisivo entre António Costa e Rui Rio no dia 13 de Janeiro de 2022.

Durante uma semana foram entrevistados eleitores Portugueses com a intenção de identificar quais faziam intenção de assistir ao debate.

Durante o dia 13 Janeiro antes do debate foram confirmados os que mantinham a intenção de ver o debate e reequilibrada uma amostra representativa da população portuguesa com 18 e mais anos nas variáveis: Género, Idade e Região.

A amostra é composta por 324 entrevistados a que corresponde um erro máximo de +/ 5,56% para um nível de confiança de 95,5%. Após o debate a totalidade da amostra será novamente contactada, os que não responderem ou os que tiverem desistido no início ou durante o visionamento do debate serão ainda assim considerados unidades desta amostra e serão tratados como uma não resposta. Acabaram por responder 250 entrevistados a que corresponde uma margem de erro máxima de +/- 6,32%.

A direção técnica do estudo é da responsabilidade de Rita Marques da Silva. A ficha técnica completa, bem como todos os resultados, foram depositados junto da Entidade Reguladora da Comunicação Social que os disponibilizará para consulta online.

Relacionados

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados