Arquiteto do Centro Georges Pompidou morreu aos 88 anos

CNN Portugal , BCE
19 dez 2021, 16:56
Richard Rogers, arquiteto do Centro Georges Pompidou (AP)
Richard Rogers, arquiteto do Centro Georges Pompidou (AP)

O arquiteto italiano projetou ainda edifício Lloyd, em Londres, o Tribunal Europeu para os Direitos Humanos, em Estrasburgo, e os edifícios do Trade World Center, em Nova Iorque

PUB

O arquiteto Richard Rogers, que projetou edifícios históricos como o Centro Georges Pompidou, em Paris, que concebeu em conjunto com Renzo Piano, e o Millenium Dome, em Londres, morreu na noite deste sábado aos 88 anos.

A notícia foi confirmada pelo representante da Freud Communications à CNN, Matthew Freud, que acrescentou que o arquiteto, que conquistou o Prémio Pritzker em 2007, morreu "pacificamente" durante a noite deste sábado.

PUB
Centro Georges Pompidou (AP)

Entre os projetos da sua autoria conhecidos mundialmente, destacam-se ainda a sede da companhia de seguros Lloyd, em Londres, o Tribunal Europeu para os Direitos Humanos, em Estrasburgo, e os edifícios do Trade World Center, em Nova Iorque, além de terminais de aeroporto de Heathrow, em Londres, e de Barajas, em Madrid.

Em 1996, o arquiteto, que nasceu em Florença, Itália, tendo mudado depois para Londres, chegou a ocupar um lugar no câmara alta do Parlamento britânico, pelo Partido Trabalhista.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados