Morreu o estilista italiano Nino Cerruti

CNN Portugal , MJC
15 jan, 22:01
O estilista Nino Cerruti (à direita)

Foi um dos estilistas que revolucionou a moda masculina na década de 1960. Tinha 91 anos

Nino Cerruti, o estilista italiano que revolucionou a moda masculina na década de 1960 e que deu a Giorgio Armani sua primeira oportunidade na moda, morreu este sábado aos 91 anos.

Cerruti morreu no hospital Vercelli, na região noroeste do Piemonte, na sequência de complicações após uma cirurgia à anca.

O seu avô fundou  uma fábrica têxtil em Biella em 1881, o Lanificio Fratelli Cerruti. A partir da  experiência da sua família na produção de tecidos de excelência, Cerruti aventurou-se na produção de roupas no final da década de 1950.

A sua primeira coleção masculina, "Hitman", foi apresentada em 1957 e foi considerada revolucionária na moda masculina na época, com um estilo ao mesmo tempo elegante e descontraído. Terá sido também ele o criador da "jaqueta desconstruída" masculina, já nos anos 60. A primeira boutique Cerruti foi inaugurada em 1967 na Place de la Madeleine, em Paris, para onde a Cerruti mudou a sede da empresa.

Ficou também ligado ao lançamento de outro grande nome da moda italiana e mundial quando, em meados dos anos sessenta, contratou um então jovem Giorgio Armani para colaborar nos seus ateliês Fratelli Cerruti.

A popularidade da marca aumentou ainda mais em 1994 quando foi nomeada a desenhadora oficial da equipa Ferrari da Fórmula 1.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados