Técnicos de emergência pré-hospitalar suspendem greve a partir desta sexta-feira

Agência Lusa , FG - notícia atualizada às 13:37 de dia 26 de julho
25 jul 2023, 19:30
Ambulância (foto: Horacio Villalobos/ Getty Images)

Sindicato decidiu também levantar um pré-aviso de greve geral para 2 a 6 de agosto, durante a Jornada Mundial da Juventude de Lisboa

Os técnicos de emergência pré-hospitalar suspendem a partir de sexta-feira a greve ao trabalho extraordinário em curso desde abril, depois de o ministro da Saúde se ter comprometido com a revisão da carreira, anunciou esta terça-feira fonte sindical.

Em declarações à Lusa, após uma reunião no Ministério da Saúde, em Lisboa, o presidente do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, Rui Lázaro, disse que o ministro Manuel Pizarro se comprometeu a iniciar as negociações da revisão da carreira em setembro e "forçou o INEM" (Instituto Nacional de Emergência Médica) a "cumprir a legislação laboral" a partir da próxima terça-feira, nomeadamente em termos de contabilização de horas de trabalho.

Os técnicos de emergência pré-hospitalar estão em greve ao trabalho extraordinário desde 17 de abril para reivindicar o cumprimento de direitos laborais e a revisão da carreira.

Rui Lázaro explicou que, apesar de o sindicato ter decidido esta terça-feira suspender a greve na sequência da reunião com a tutela, a suspensão só terá efeitos a partir de sexta-feira, depois de cumpridos determinados formalismos.

O sindicato decidiu também levantar um pré-aviso de greve geral para 2 a 6 de agosto, durante a visita do Papa Francisco a Portugal para presidir à Jornada Mundial da Juventude de Lisboa.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados