Detidas mulheres que agrediram médica nas urgências do São Francisco Xavier

7 out, 12:58
Hospital de São Francisco Xavier

Vítima foi socorrida por colegas e as agressoras saíram rapidamente do hospital

As duas mulheres suspeitas de terem agredido uma médica obstetra no serviço de urgência do hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, a 26 de setembro, foram esta manhã detidas pela PSP, apurou a CNN Portugal, e respondem por crimes de ofensas à integridade física qualificadas.

A vítima, médica contratada, tem 60 anos e 30 de profissão. Foi insultada e violentamente agredida pelas duas mulheres, mãe e filha, porque se recusou a fazer uma ecografia à mais nova, grávida de apenas quatro semanas, por não ser uma altura de gestação que justifique o exame.

A médica acabou socorrida por colegas e as agressoras saíram rapidamente do hospital. Estavam identificadas e a PSP, chamada a investigar, acabou por localizar agora as suspeitas, que foram detidas e serão hoje presentes a juiz.

Em março passado, a PSP anunciou que registou 961 situações de violência em hospitais e centros de saúde em 2021, mais 16% do que em 2020.

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados