Nelson Monte em fuga da Ucrânia: defesa português já não está em Dnipro

24 fev, 10:16

Único português a atuar na Liga ucraniana está num hotel a cerca de duas horas de Dnipro. Nesta quinta-feira ouviram-se explosões várias cidades da Ucrânia, incluindo Dnipro e a capital Kiev

(artigo atualizado)

Nelson Monte, o único português a jogar no campeonato ucraniano, está a tentar deixar o país, confirmou o Maisfutebol num curto contacto com o jogador.

Nelson Monte, que em setembro de 2021 transferiu-se para o Dnipro-1 (3.º classificado do campeonato), já não está na cidade de Dnipro, cuja região à qual pertence faz fronteira com Donbast, território parcialmente ocupado por separatistas pró-russos e cuja independência foi unilateralmente reconhecida pela Rússia no início da semana.

«Por volta das 04h30 da manhã acordei com um estrondo enorme. Fui à janela, vi fumo e fiquei em choque. Nem dois minutos depois, outra bomba. Liguei para os estrangeiros que vivem no mesmo condomínio que eu, pegámos no carro e fomos até ao centro de estágio no clube. Optámos por sair da cidade», disse mais tarde em declarações à CNN Portugal a partir de um hotel pertencente ao presidente do clube, a cerca de duas horas de Dnipro.

«O que mais quero neste momento é sair do país, mas estou com muitas dificuldades para isso. Se Portugal me pudesse ajudar neste momento, era aquilo que eu mais queria», acrescentou.

A equipa do Dnipro-1 regressou nesta quarta-feira à Ucrânia após concluir um estágio de duas semanas na Turquia.

Nesta quinta-feira, a Federação Ucraniana de Futebol anunciou a suspensão do campeonato a um dia do recomeço, depois de uma pausa de inverno de dois meses.

Também nesta quinta-feira, dia em que se intensificaram os combates e registaram-se explosões em pelo menos cinco cidades da Ucrânia (incluindo Dnipro e a capital Kiev), o Ministério dos Negócios Estrangeiros apelou aos cidadãos portugueses que saiam do país. O espaço aéreo ucraniano foi encerrado para voos civis.

O aviso do MNE para os cidadãos portugueses na Ucrânia:

«Aconselhamos os cidadãos portugueses a que saiam da Ucrânia através das fronteiras terrestres com a União Europeia, preferencialmente na direção da Polónia e da Roménia. Em caso de necessidade, existem os seguintes dois pontos de concentração organizados pela Embaixada que poderão ser utilizados:

Local 1:Rivne | Morada: FAPOMED - Vulytsya Ostroz’koho 46, Hoshcha 35400, RIVNE

Local 2: Khmelnytskyi | Morada: HOTEL TAMERLAN - Estrada Nizhnia Bierieghova 2, Khmelnytskyi, 29000, Ucrânia

Será aconselhável transportar consigo água, alimentação, agasalhos e combustível de reserva caso se desloque em viatura própria. Igualmente deve ter consigo os seus documentos de identificação e viagem.»

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados