VÍDEO: brasileiros de Shakhtar e D. Kiev pedem ajuda para deixar a Ucrânia

24 fev, 09:45
Brasileiros do Shakhtar e do D. Kiev pedem ajuda para deixar a Ucrânia (twitter)

Grupo está reunido num hotel e não tem maneira de sair do país. Jogadores do Zorya também apelam ao apoio das autoridades

Os jogadores brasileiros que atuam no Shakhtar Donetsk e no Dínamo de Kiev gravaram um vídeo a pedir ajuda às autoridades brasileiras para deixarem a Ucrânia.

Numa altura em que a Rússia já avançou militarmente sobre território ucraniano, os futebolistas estão retidos num hotel em Kiev, para onde «escaparam» à pressa, apenas com a roupa que tinham no corpo, e não têm maneira de sair do país, uma vez que não há qualquer ligação aérea no ativo e há falta de combustível para viajar de carro.

Num vídeo divulgado nas redes sociais, o grupo – jogadores, respetivas esposas e filhos – explica a situação e queixa-se que se sente «abandonado e sem saber o que fazer».

No Shakhtar jogam 11 brasileiros: Dodô (ex-V. Guimarães), Vitão, Marlon Santos, Ismaily (ex-Sp. Braga), Maycon, Marcos António, Alan Patrick, David Neres, Dentinho, Tetê, Pedrinho (ex-Benfica) e Fernando (ex-Sporting). No Dínamo está Vitinho.

Outros três futebolistas brasileiros que atuam na Ucrânia, no Zorya Luhansk, também apelaram ao apoio das autoridades do seu país.

Guilherme Smith, Cristian e Juninho explicaram que têm pouca informação sobre o que está a acontecer e estão «a entrar em desespero».

Recorde-se que o campeonato ucraniano já foi suspenso devido à invasão da Rússia.

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados