«É fácil de analisar quais são os pontos fortes do FC Porto»

1 dez 2023, 18:00
Famalicão-Arouca (JOSÉ COELHO/LUSA)

João Pedro Sousa elogiou os dragões e considerou que Luiz Júnior e Diogo Costa são «os melhores guarda-redes da Liga»

Na antevisão ao jogo com o FC Porto, João Pedro Sousa recordou a experiência recente da visita ao Benfica, na Luz, onde o Famalicão foi eliminado da Taça de Portugal.

«Antes desse jogo da Taça de Portugal, disse que seria importante para percebermos se estávamos preparados para um jogo dessa exigência. Percebemos que estávamos preparados para o disputar, mas não o ganhámos. Gostámos do que vimos e do que fizemos, mas não gostámos nada do resultado, porque perdemos e fomos eliminados», disse o treinador dos famalicenses em conferência de imprensa.

João Pedro Sousa disse esperar uma equipa do FC Porto «forte, competitiva e competente», que «vai criar imensas dificuldades» ao Famalicão.

«É fácil de analisar quais são os seus pontos fortes e vamos tentar perceber onde podemos criar problemas ao adversário. A grande incógnita é saber se vamos ter essa capacidade», assumiu.

«A nossa forma de trabalhar é sempre a mesma, independentemente do adversário. Focámo-nos no nosso jogo e no que podemos melhorar. Depois, debruçámo-nos mais sobre o FC Porto e a estratégia para o jogo», acrescentou.

Com 10 golos sofridos, o Famalicão é a terceira melhor defesa do campeonato, juntamente com o Moreirense, mas também é o terceiro pior ataque, a par de Estrela da Amadora e Vizela, com apenas 11 golos marcados.

O técnico do conjunto minhoto frisou que «o processo defensivo é a base da construção de uma ideia de jogo e permite também perceber como a equipa vai atacar».

«No início, foram naturais as dificuldades em marcarmos golos, mas estamos a melhorar com a capacidade de jogadores que começaram a época mais tarde ou o regresso de outros por lesões, como por exemplo o Puma e o Théo», completou.

João Pedro Sousa também destacou a dificuldade dos adversários quando visitam o Famalicão, algo que Sérgio Conceição também apontou na antevisão à partida. «Depende muito da nossa capacidade e da nossa competência, não é só ser difícil jogar em Famalicão porque sim. Temos de tornar a vida difícil aos adversários, com a ajuda dos nossos adeptos, mas dentro de campo também.»

O técnico também foi questionado sobre o guarda-redes Luiz Júnior e mostrou-se «surpreendido» pelo guardião brasileiro ainda estar no clube.

«Ainda bem para nós que podemos continuar a contar com ele. É um grande guarda-redes e temos também um grande treinador de guarda-redes [Vítor Alcino]. Amanhã [sábado], vamos ter os dois melhores guarda-redes da liga [Luiz Júnior e Diogo Costa]», apontou.

Castigado por ter sido expulso na Luz, o defesa-central Otávio vai dar o lugar a Justin de Haas.

«A equipa não se vai ressentir nada, zero mesmo, a resposta do Justin tem sido muito forte. São jogadores diferentes, perdemos um pouco de velocidade, não porque ele é lento, mas porque o Otávio é muito rápido, mas se calhar vamos melhorar a capacidade na construção porque o Justin tem muita qualidade nesse momento», observou.

João Pedro Sousa também revelou que Gustavo Sá vai ser titular no sábado e o médio, que passou pela formação dos dragões, disse esperar um «FC Porto em boa forma» e a querer dar uma «resposta» depois da derrota em Barcelona.

«Não me importa onde passei na formação, para mim é igual, tenho que encarar todos os jogos da mesma maneira», afirmou.

O Famalicão recebe o FC Porto este sábado, às 18h00, num jogo da 12.ª jornada da Liga para seguir AO MINUTO no Maisfutebol.

Relacionados

Patrocinados